segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Protecionistas protestam contra realização de rodeio em Itabaiana

Posted by Antonio jads  |  at  18:32 No comments

Grupos de protecionistas de Itabaiana e outras localidades estão se mobilizando para protestar contra a realização de rodeio na cidade, programado para os dias 12, 13 e 14 de setembro, dentro do Circuito Nacional de Rodeios.

O espetáculo de montaria em touros e cavalos tem fortes componentes de maus tratos aos animais, segundo as associações de proteção. “Os bois, touros e cavalos expostos nas arenas são forçados a se comportar de maneira violenta e não natural. Enquanto o som alto e a multidão ajudam a aumentar o nível de estresse dos bichos, ferramentas de tortura são usadas para enfurecê-los nas competições, onde sua integridade física corre alto risco, o que pode até levá-lo à morte”, explicou Margaret Bandeira, defensora dos animais em Itabaiana. Segundo a Professora Dra. Irvênia Prada, da USP, “não ocorre apenas a ‘sensação’ de dor orgânica, como também o sofrimento mental, emocional, porque os animais se sentem ameaçados e perseguidos”. “Estamos planejando uma mobilização contra esse crime de maus tratos aos animais”, afirmou Margaret.

Segundo Williams Rodrigues, integrante da comissão de Marketing e produção de eventos, o Circuito Nacional de Rodeios promete uma mega estrutura para a festa do peão em Itabaiana. Além do rodeio, haverá show todas as noites com bandas e artistas regionais. O Circuito Nacional de Rodeio está contando com o apoio da prefeitura municipal de Itabaiana, como acontece em todas as cidades onde o show é montado.

O controvertido esporte vem colecionando inimigos entre os protecionistas e já tramita no Congresso um projeto de lei proibindo a perseguição de animais durante rodeios em todo o país, o que atingiria a prova do tiro de laço, a mais disputada entre as competições. O projeto é de autoria do deputado federal Ricardo Trípoli, de São Paulo. “Eu acho que onde tem os maus-tratos de animais, nós devemos abolir esse processo e retirá-los. Era uma cultura brasileira a escravidão e não é mais hoje”, argumenta o deputado.


Em Fortaleza, Ceará, a vereadora Toinha Rocha apresentou projeto que proíbe a realização de vaquejadas e rodeios em Fortaleza. Além da promoção dos eventos, o projeto da parlamentar proíbe ainda a divulgação e publicidade desse tipo de prática no Município.

Tribuna do Vale

Tags:
About the Author

Write admin description here..

Get Updates

Subscribe to our e-mail newsletter to receive updates.

Share This Post

Related posts

0 comentários:

Copyright © 2013 Mogeiro em Foco. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top