quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Prefeito decreta situação de emergência em todo o município de João Pessoa

Posted by Antonio jads  |  at  03:02 No comments

Avenida Beira Rio é a única que continua interditada. Trânsito é desviado pela Epitácio Pessoa

Av. João Machado, Centro
O Prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, decretou nesta quarta-feira (4) situação de emergência em todo o município de João Pessoa em virtude das fortes chuvas registradas na Capital durante a terça-feira (3) e quarta-feira (4).

O decreto foi publicado em caráter especial na edição virtual do semanário da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). As chuvas atingiram as 31 áreas de risco da cidade, fazendo com o Prefeito decretasse emergência para que haja ações de reparo aos danos humanos e materiais em toda a Capital.

Com a publicação do decreto, está autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a supervisão da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compedec). Os trabalhos terão como objetivo ações imediatas de reconstrução às áreas atingidas. O decreto da situação de emergência possibilitará que a PMJP solicite ajuda financeira do Governo Federal.

O texto do decreto traz a autorização para se convocar voluntários, cuja função será reforçar as ações emergências. Dentre as ações previstas para os voluntários estão realizações de campanhas de arrecadação de utensílios materiais junto à comunidade.

Com a situação de emergência decretada, fica autorizada as autoridades administrativas e os agentes de Defesa Civil, diretamente responsáveis pelas ações de resposta aos desastres, em caso de risco iminente, a penetrar nas casas, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação; usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público.

Apenas um trecho da Capital paraibana continua interditado por causa das fortes chuvas que caíram nas últimas horas: o final da avenida Beira Rio, nos dois sentidos. A situação piorou na tarde desta quarta-feira (04), por conta de um vazamento de uma tubulação, à altura do Sindicato dos Bancários.

Segundo informações da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), os motoristas que se arriscam a passar pelo local estão tendo seus veículos rebocados. A orientação é que os motoristas evitem o trecho. O trânsito está sendo desviado para a avenida Epitácio Pessoa, pela Rua do Rio, que sai na lateral do supermercado Pão de Açúcar.

Acompanhe a cobertura do Portal Correio (Por Alisson Correia)

Entre as 14h da terça-feira (03) e 5h desta quarta (04), choveu 188 mm em João Pessoa, segundo estimativas da  Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). De acordo com o órgão, o número é 180% maior que a média prevista para todo o mês de setembro na Capital.

Foram 15 horas de chuvas ininterruptas na Grande João Pessoa. Os problemas acarretados com o intenso volume pluviométrico provocaram congestionamentos e alagamentos em praticamente todas as principais vias de acesso da Capital, além de deixar pelo menos duas mil famílias desabrigadas e causar o deslizamento de uma barreira na comunidade São Rafael, no bairro Castelo Branco.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil da Capital, Nóe Estrela, todas as casas localizadas em comunidades ribeirinhas de João Pessoa, como no bairro São José, estão muito alagadas. Ele lembra que os dados iniciais mostram que pelo menos mil pessoas podem estar desabrigadas só na Capital. Noé diz que todas as equipes da Defesa Civil estão trabalhando nos pontos mais críticos, como Colinas do Sul, Tito Silva (Miramar) e Mandacaru. São 31 áreas de risco, com uma população pouco maior que 50 mil pessoas.

Áreas como a comunidade do Timbó (nos Bancários) e Saturnino de Brito (Varadouro), consideradas de risco, receberam investimentos recentes em obras da Prefeitura para evitar problemas nos períodos de chuva. Trata-se do Plano de Contingência, executado pela Defesa Civil em parceria com a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur); Guarda Municipal; e as secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Meio Ambiente (Semam), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Desenvolvimento Social (Sedes) e Saúde (SMS).

Em situações de emergência, a Defesa Civil Municipal deve ser acionada através do telefone gratuito 0800 285 9020. Os plantonistas do órgão afirmam que não há informações sobre pessoas feridas com as ocorrências da madrugada chuvosa.

A Polícia Rodoviária Federal informa que foram registrados nove acidentes, com três feridos, até o começo da manhã desta quarta, nas rodovias federais que cortam a região metropolitana de João Pessoa.

A PRF também alerta os motoristas para que tenham cautela ao passar pela BR porque o trânsito está lento, depois da liberação do trecho próximo a comunidade São Rafael no Castelo Branco, onde houve um deslizamento de barreira.

Em caso de emergências, o número da PRF é 191.

A Semob também monitora pontos alagados que estão atrapalhando o trânsito de João Pessoa. Alguns acessos estão com tráfego de veículos lento nesta manhã de quarta, como um dos acessos que liga os bairros Valentina e Mangabeira, onde um carro ficou preso dentro da água, rotatórias dos Bancários e da Beira Rio, avenida João Machado no Centro. A Semob também interditou as vias localizadas nas imediações da barreira do Cabo Branco e do Farol

Fonte: Portal Correio

Tags:
About the Author

Write admin description here..

Get Updates

Subscribe to our e-mail newsletter to receive updates.

Share This Post

Related posts

0 comentários:

Copyright © 2013 Mogeiro em Foco. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top