sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Obras do Canal Acauã-Araçagi empregam 1.200 operários e vão beneficiar 590 mil paraibanos

Posted by Antonio jads  |  at  18:22 No comments

O Canal das Vertentes Litorâneas (Acauã-Araçagi), construído pelo Governo do Estado, é a segunda maior obra hídrica da região Nordeste. A primeira é a Transposição das Águas do São Francisco. Com investimentos de aproximadamente R$ 1 bilhão, as obras avançam em sua primeira etapa com 1.200 operários, além de engenheiros especialistas em várias áreas e cerca de 500 máquinas e equipamentos.

O canal Acauã-Araçagi vai garantir o suprimento hídrico para abastecimento e irrigação em 38 municípios. Benefícios diretos para 590 mil famílias paraibanas. Ao todo, 16 mil hectares poderão ser irrigados.

No total, o canal terá 112 quilômetros de extensão. O lote 1, com 41 km, está em execução entre Salgado de São Félix e Mogeiro. A escavação de uma rocha, com 24 metros de profundidade, está quase concluída. Alguns trechos estão em terraplanagem, outros com a implantação de cifões e o canal que em breve será revestido.


“Já foi emitida também a ordem de serviço do lote 2 que se estenderá até a região de Mari e Sapé, com mais 41 km. E o lote 3, o último, também recebeu autorização para implantação do canteiro de obras”, informa o secretário do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, João Azevedo.

O terceiro canteiro de obras será instalado nas proximidades da estrada de Mamanguape-Araçagi. “Quando os três lotes estiverem em execução, o número de postos de trabalho chegará a cerca de 2,8 mil e o terceiro lote deve ser iniciado em novembro”, avalia o secretário.

Ele destaca que uma obra como o Canal Acauã-Araçagi aquece a economia da região. Até o momento, a prefeitura de Mogeiro recebeu R$ 1.002.788,52 do Imposto Sobre Serviços (ISS) e a prefeitura de Itatuba o valor de R$1.290.631,27. Ao longo dos 112 quilômetros de extensão do canal, outros municípios também passarão a receber os repasses do ISS. Os municípios por onde as obras avançam já se beneficiam com o repasse do imposto, um ganho importante na receita.

A logística de uma obra dessa dimensão envolve empresas de transporte, alimentação, segurança do trabalho, assistência médica e métodos construtivos com modernas técnicas de engenharia. Diariamente, uma empresa utiliza vários ônibus para a locomoção dos 1.200 operários que são distribuídos no trecho desse primeiro lote. Vários refeitórios foram instalados na obra. “É uma obra gigantesca e é importante que a Paraíba conheça sua execução”, ressalta João Azevedo, acrescentando que o Canal Acauã-Araçagi vai modificar o perfil econômico e social da população beneficiada.

Secom PB

Tags:
About the Author

Write admin description here..

Get Updates

Subscribe to our e-mail newsletter to receive updates.

Share This Post

Related posts

0 comentários:

Copyright © 2013 Mogeiro em Foco. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top