All Stories

sábado, 31 de março de 2012



Segundo família, humorista abre os olhos e presta atenção nas visitas.

Laudiceia Veloso diz que ele não fala, mas tem mínimo de consciência.








Shaolin e a esposa Laudiceia Velozo 



"Shaolin presta atenção nas pessoas", revelou nesta sexta-feira (30) Laudiceia Veloso, a esposa do humorista paraibano Francisco Jozenilton Veloso. Em entrevista ao G1, ela falou sobre a rotina de cuidados com o marido um ano e dois meses após o acidente automobilístico ocorrido na BR-230, na Paraíba.



"Ele tem uma vontade de viver, uma força interior muito grande. Percebemos todos os dias pelo olhar que ele quer se superar cada vez mais", explicou.

Shaolin é submetido a uma rotina diária de exercícios fisioterapêuticos e é acompanhado por uma equipe multidisciplinar em casa, em Campina Grande. Segundo a esposa, ele apresenta um estado mínimo de consciência e está cada vez mais atento ao que se passa em seu redor e às visitas que recebe.

"Ele dorme, acorda, presta atenção nas pessoas. Só não consegue movimentar o corpo nem falar ainda, mas pela forma como ele observa os fatos que acontecem à sua volta, nós percebemos que ele está entendendo o que se passa. Quando peço para ele olhar para alguma visita, ele olha", revelou.



Conforme Laudiceia, além da fisioterapia diária ele tem sessões de fonoaudiologia três vezes por semana, é acompanhado por neuropsicóloga semanalmente e é avaliado mensalmente por um neurologista e um clínico geral. Devido à evolução da interação de Shaolin com a família, o clima é de esperança para que ele volte a se comunicar.

"Estamos esperançosos desde o início. A gente sabe que é uma batalha difícil, mas ele evolui a cada dia, nunca teve uma regressão", comenta. Segundo ela, grande parte da força que a família tem para persistir no tratamento vem dos fãs do humorista. "Agradecemos a todas as pessoas que oram e que aguardam com paciência a evolução dele. Também à imprensa que tem nos preservado neste momento", disse.

Julgamento

Começou no dia 13 de março o julgamento do motorista Jobson Clemente Benício, indiciado pela Polícia Civil pelo crime de lesão corporal e denunciado pelo Ministério Público da Paraíba como responsável pelo acidente com Shaolin. O caso é avaliado pelo juiz Wandenberg de Freitas Rocha, da 4ª Vara Criminal de Campina Grande.

Na ocasião, foram ouvidos policiais rodoviários federais, pessoas que participaram do socorro a Shaolin e a esposa Laudiceia, como declarante. Após o procedimento, o juiz expediu cartas precatórias para os fóruns das cidades de Ingá, Sousa e Sapé, onde também deverão ser ouvidas testemunhas de defesa e acusação. Depois de receber o conteúdo dos últimos depoimentos e de ouvir as considerações finais da promotoria, da defesa da família de Shaolin e da defesa de Jobson Clemente, o juiz deverá dar sua sentença.

O acidente aconteceu em 18 de janeiro de 2011 na rodovia federal BR-230, em Campina Grande. No mesmo dia, Shaolin foi socorrido e internado no Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Pouco tempo depois foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde foi submetido a cirurgias e ficou internado por cerca de cinco meses. Desde que recebeu alta, permanece em casa sob os cuidados da família.



Sobre o julgamento do caminhoneiro envolvido na colisão, a família prefere não comentar e diz que está concentrada na recuperação do humorista, em vez de fazer especulações sobre a condenação ou absolvição do réu. "Sobre o julgamento não compete a mim comentar", declarou Laudiceia.



Do G1 PB







'Ele tem vontade de viver', diz esposa de Shaolin sobre tratamento na PB



Segundo família, humorista abre os olhos e presta atenção nas visitas.

Laudiceia Veloso diz que ele não fala, mas tem mínimo de consciência.








Shaolin e a esposa Laudiceia Velozo 



"Shaolin presta atenção nas pessoas", revelou nesta sexta-feira (30) Laudiceia Veloso, a esposa do humorista paraibano Francisco Jozenilton Veloso. Em entrevista ao G1, ela falou sobre a rotina de cuidados com o marido um ano e dois meses após o acidente automobilístico ocorrido na BR-230, na Paraíba.



"Ele tem uma vontade de viver, uma força interior muito grande. Percebemos todos os dias pelo olhar que ele quer se superar cada vez mais", explicou.

Shaolin é submetido a uma rotina diária de exercícios fisioterapêuticos e é acompanhado por uma equipe multidisciplinar em casa, em Campina Grande. Segundo a esposa, ele apresenta um estado mínimo de consciência e está cada vez mais atento ao que se passa em seu redor e às visitas que recebe.

"Ele dorme, acorda, presta atenção nas pessoas. Só não consegue movimentar o corpo nem falar ainda, mas pela forma como ele observa os fatos que acontecem à sua volta, nós percebemos que ele está entendendo o que se passa. Quando peço para ele olhar para alguma visita, ele olha", revelou.



Conforme Laudiceia, além da fisioterapia diária ele tem sessões de fonoaudiologia três vezes por semana, é acompanhado por neuropsicóloga semanalmente e é avaliado mensalmente por um neurologista e um clínico geral. Devido à evolução da interação de Shaolin com a família, o clima é de esperança para que ele volte a se comunicar.

"Estamos esperançosos desde o início. A gente sabe que é uma batalha difícil, mas ele evolui a cada dia, nunca teve uma regressão", comenta. Segundo ela, grande parte da força que a família tem para persistir no tratamento vem dos fãs do humorista. "Agradecemos a todas as pessoas que oram e que aguardam com paciência a evolução dele. Também à imprensa que tem nos preservado neste momento", disse.

Julgamento

Começou no dia 13 de março o julgamento do motorista Jobson Clemente Benício, indiciado pela Polícia Civil pelo crime de lesão corporal e denunciado pelo Ministério Público da Paraíba como responsável pelo acidente com Shaolin. O caso é avaliado pelo juiz Wandenberg de Freitas Rocha, da 4ª Vara Criminal de Campina Grande.

Na ocasião, foram ouvidos policiais rodoviários federais, pessoas que participaram do socorro a Shaolin e a esposa Laudiceia, como declarante. Após o procedimento, o juiz expediu cartas precatórias para os fóruns das cidades de Ingá, Sousa e Sapé, onde também deverão ser ouvidas testemunhas de defesa e acusação. Depois de receber o conteúdo dos últimos depoimentos e de ouvir as considerações finais da promotoria, da defesa da família de Shaolin e da defesa de Jobson Clemente, o juiz deverá dar sua sentença.

O acidente aconteceu em 18 de janeiro de 2011 na rodovia federal BR-230, em Campina Grande. No mesmo dia, Shaolin foi socorrido e internado no Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Pouco tempo depois foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde foi submetido a cirurgias e ficou internado por cerca de cinco meses. Desde que recebeu alta, permanece em casa sob os cuidados da família.



Sobre o julgamento do caminhoneiro envolvido na colisão, a família prefere não comentar e diz que está concentrada na recuperação do humorista, em vez de fazer especulações sobre a condenação ou absolvição do réu. "Sobre o julgamento não compete a mim comentar", declarou Laudiceia.



Do G1 PB







Posted at 04:07 |  by Antonio jads

0 comentários:

sexta-feira, 30 de março de 2012



Dados do TCU apontam verba da assistência social foi mal aplicada.

Ministério Público da Paraíba vai capacitar gestores para evitar problema.





O Ministério Público da Paraíba divulgou nesta segunda-feira (26) que vai promover cursos de capacitação para os integrantes dos Conselhos Municipais de Assistência Social (CMAS). De acordo com o órgão, o objetivo é garantir que o dinheiro público seja usado corretamente em ações sociais nas cidades paraibanas, pois segundo dados do Tribunal de Contas da União (TCU), 80% dos recursos federais destinados aos Fundos Municipais de Assistência Social não foram aplicados de modo correto em 2011.



O primeiro curso será realizado no dia 11 de abril, das 8h30 às 17h, em Itabaiana, distante 80 quilômetros de João Pessoa. Segundo o Ministério Público, cerca de 150 conselheiros de 12 cidades devem participar da capacitação que será ministrada pelo TCU, Controladoria Geral da União e secretaria de Desenvolvimento Humano do estado.

Segundo o promotor Valberto Lira, que coordena o Centro de Apoio Operacional às Promotorias

do Cidadão e Direitos Humanos, o objetivo do Ministério Público é conscientizar os conselheiros sobre suas responsabilidades e fornecer informações sobre os recursos federais repassados aos Fundos Municipais de Assistência Social para que haja uma melhor fiscalização da utilização do

dinheiro público.

“Vamos falar sobre o marco legal em relação aos conselhos, sobre as atribuições dos conselheiros, a LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social), o SUAS (Sistema Único da Assistência Social) e sobre a Política Nacional de Assistência Social”, adiantou.

Em todo o Estado, deverão ser realizadas 20 capacitações. Os municípios que participarão

desta primeira capacitação são: Juripiranga, São José dos Ramos, Ingá, Juarez Távora, Mogeiro,

Serra Redonda, Pedras de Fogo, São Miguel de Taipu, Itatuba, Caldas Brandão, Gurinhém e

Itabaiana.

O segundo curso será promovido no dia 25 de abril, das 8h30 às 17h, na cidade pólo de

Mamanguape (a 48 quilômetros da Capital) a conselheiros que atuam em Baía da Traição, Capim,

Cuité de Mamanguape, Curral de Cima, Itapororoca, Jacaraú, Lagoa de Dentro, Marcação,

Mataraca, Pedro Régis, Rio Tinto e Mamanguape.As demais capacitações terão o cronograma definido pelo MPPB junto com os prefeitos dos municípios participantes.




Do G1 PB


MP da Paraíba vai realizar capacitação para evitar mau uso de verbas sociais



Dados do TCU apontam verba da assistência social foi mal aplicada.

Ministério Público da Paraíba vai capacitar gestores para evitar problema.





O Ministério Público da Paraíba divulgou nesta segunda-feira (26) que vai promover cursos de capacitação para os integrantes dos Conselhos Municipais de Assistência Social (CMAS). De acordo com o órgão, o objetivo é garantir que o dinheiro público seja usado corretamente em ações sociais nas cidades paraibanas, pois segundo dados do Tribunal de Contas da União (TCU), 80% dos recursos federais destinados aos Fundos Municipais de Assistência Social não foram aplicados de modo correto em 2011.



O primeiro curso será realizado no dia 11 de abril, das 8h30 às 17h, em Itabaiana, distante 80 quilômetros de João Pessoa. Segundo o Ministério Público, cerca de 150 conselheiros de 12 cidades devem participar da capacitação que será ministrada pelo TCU, Controladoria Geral da União e secretaria de Desenvolvimento Humano do estado.

Segundo o promotor Valberto Lira, que coordena o Centro de Apoio Operacional às Promotorias

do Cidadão e Direitos Humanos, o objetivo do Ministério Público é conscientizar os conselheiros sobre suas responsabilidades e fornecer informações sobre os recursos federais repassados aos Fundos Municipais de Assistência Social para que haja uma melhor fiscalização da utilização do

dinheiro público.

“Vamos falar sobre o marco legal em relação aos conselhos, sobre as atribuições dos conselheiros, a LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social), o SUAS (Sistema Único da Assistência Social) e sobre a Política Nacional de Assistência Social”, adiantou.

Em todo o Estado, deverão ser realizadas 20 capacitações. Os municípios que participarão

desta primeira capacitação são: Juripiranga, São José dos Ramos, Ingá, Juarez Távora, Mogeiro,

Serra Redonda, Pedras de Fogo, São Miguel de Taipu, Itatuba, Caldas Brandão, Gurinhém e

Itabaiana.

O segundo curso será promovido no dia 25 de abril, das 8h30 às 17h, na cidade pólo de

Mamanguape (a 48 quilômetros da Capital) a conselheiros que atuam em Baía da Traição, Capim,

Cuité de Mamanguape, Curral de Cima, Itapororoca, Jacaraú, Lagoa de Dentro, Marcação,

Mataraca, Pedro Régis, Rio Tinto e Mamanguape.As demais capacitações terão o cronograma definido pelo MPPB junto com os prefeitos dos municípios participantes.




Do G1 PB


Posted at 10:16 |  by Antonio jads

0 comentários:

quinta-feira, 29 de março de 2012



A Procuradoria Geral do Estado no ato representada por seu procurador Paulo Barbosa do Nascimento, intima a Sra Margarida Maria Silveira Gomes, Dona DIDI ex-Prefeita de Mogeiro, a devolver aos cofres públicos a bagatela de R$ 111,410,08 (cento e onze mil,quatrocentos e dez reais e oito centavos) em ação proposta processo de numero 200 2011 050.057-8.

A ação é baseada no descumprimento contratual da aplicação de verbas objeto de convênios o que presume-se culposo por parte daquele que descumpriu. Demais disso, diz o procurador, a simples ineficiência da gestora em bem empregar verbas publicas recebidas por força de convenios, já denota sua culpa.












Add caption



Fonte: Procuradoria Geral do Estado

Blog do Vavá da Luz

MP INTIMA EX-PREFEITA DE MOGEIRO (DONA DIDI) A DEVOLVER R$ 111,410,08 EM AÇÃO CIVIL PUBLICA POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA



A Procuradoria Geral do Estado no ato representada por seu procurador Paulo Barbosa do Nascimento, intima a Sra Margarida Maria Silveira Gomes, Dona DIDI ex-Prefeita de Mogeiro, a devolver aos cofres públicos a bagatela de R$ 111,410,08 (cento e onze mil,quatrocentos e dez reais e oito centavos) em ação proposta processo de numero 200 2011 050.057-8.

A ação é baseada no descumprimento contratual da aplicação de verbas objeto de convênios o que presume-se culposo por parte daquele que descumpriu. Demais disso, diz o procurador, a simples ineficiência da gestora em bem empregar verbas publicas recebidas por força de convenios, já denota sua culpa.












Add caption



Fonte: Procuradoria Geral do Estado

Blog do Vavá da Luz

Posted at 13:54 |  by Antonio jads

7 comentários:






Oksana Makar



Uma ucraniana de 18 anos morreu nesta quinta-feira quase três semanas depois de sofrer um estupro coletivo por três jovens, em um ataque que se tornou um dos maiores crimes do país nos últimos anos.

Oksana Makar foi estuprada por três jovens, estrangulada, queimada viva e abandonada à morte em um ataque na cidade de Mykolayiv, no sul da Ucrânia, no dia 10 de março, segundo os promotores.

A vítima foi encontrada por uma pessoa que passava pelo local e a viu abandonada depois do ataque, supostamente em um canteiro de obras. Ela foi hospitalizada em estado crítico com 55% do corpo queimado, o que obrigou os médicos a amputarem os pés, um braço e uma perna da moça.

Oksana Makar morreu em decorrência dos ferimentos em um hospital especializado na cidade de Donetsk, ao leste, para onde foi levada após o resgate, informou a clínica à agência de notícias Interfax-Ukraine.

O coração dela parou de bater após uma hemorragia que começou nos pulmões e ela morreu, apesar de três tentativas para ressuscitá-la, disse o médico-chefe do centro de queimaduras de Donetsk, Emil Fistal.



O crime causou uma comoção pública na Ucrânia, expondo a incompetência das autoridades responsáveis e a extensão dos problemas sociais em cidades industriais como Mykolayiv que são atingidas por problemas com drogas e Aids.



Um dos agressores de Makar alugou o apartamento onde ela foi estuprada. Aparentemente, eles a estrangularam e a queimaram na tentativa de encobrir seus rastros.



O ataque desencadeou a indignação dos moradores locais e do grupo feminista Femen, que protestou de topless em frente à Promotoria Geral em Kiev.



"Morte aos sádicos!" e "Oksana, Vive!" bradavam as feministas depois de terem escalado o pórtico de entrada do prédio da Promotoria.



A revolta geral aumentou com um vídeo apresentado como sendo o interrogatório de um dos torturadores de Oksana Makar e difundido no Youtube.



Nele, é possível ver um jovem, com o rosto coberto, descrevendo o crime, no qual teria estrangulado Oksana com as mãos e, depois, com uma corda.



Ele dizia que a vítima tinha aceitado manter relações sexuais com seus agressores, e que depois ameaçou "denunciá-los à polícia" por estupro.



"Ela gritava (...) e eu a estuprei. Ela não se acalmou e decidi estrangulá-la", contou.



Acreditando que a jovem estivesse morta, seus agressores a jogaram em um canteiro. "Eu não queria queimar o corpo", disse ele, que alegou ter colocado fogo apenas em um pedaço de pano e jogado perto da vítima.



A imprensa ucraniana indicou que os suspeitos são filhos de pais ricos com fortes relações com as autoridades do governo local. Contudo, seus nomes ainda não foram oficialmente revelados.



Devido ao impacto do escândalo, os dois suspeitos voltaram a ser presos alguns dias depois de terem sido soltos e várias autoridades da polícia e da Promotoria local foram demitidas, segundo o Ministério do Interior.



Os supostos autores do crime podem ser condenados à prisão perpétua, pena mais severa da Ucrânia, disse a mesma fonte.




Portal Terra



Jovem de 18 anos morre após estupro coletivo






Oksana Makar



Uma ucraniana de 18 anos morreu nesta quinta-feira quase três semanas depois de sofrer um estupro coletivo por três jovens, em um ataque que se tornou um dos maiores crimes do país nos últimos anos.

Oksana Makar foi estuprada por três jovens, estrangulada, queimada viva e abandonada à morte em um ataque na cidade de Mykolayiv, no sul da Ucrânia, no dia 10 de março, segundo os promotores.

A vítima foi encontrada por uma pessoa que passava pelo local e a viu abandonada depois do ataque, supostamente em um canteiro de obras. Ela foi hospitalizada em estado crítico com 55% do corpo queimado, o que obrigou os médicos a amputarem os pés, um braço e uma perna da moça.

Oksana Makar morreu em decorrência dos ferimentos em um hospital especializado na cidade de Donetsk, ao leste, para onde foi levada após o resgate, informou a clínica à agência de notícias Interfax-Ukraine.

O coração dela parou de bater após uma hemorragia que começou nos pulmões e ela morreu, apesar de três tentativas para ressuscitá-la, disse o médico-chefe do centro de queimaduras de Donetsk, Emil Fistal.



O crime causou uma comoção pública na Ucrânia, expondo a incompetência das autoridades responsáveis e a extensão dos problemas sociais em cidades industriais como Mykolayiv que são atingidas por problemas com drogas e Aids.



Um dos agressores de Makar alugou o apartamento onde ela foi estuprada. Aparentemente, eles a estrangularam e a queimaram na tentativa de encobrir seus rastros.



O ataque desencadeou a indignação dos moradores locais e do grupo feminista Femen, que protestou de topless em frente à Promotoria Geral em Kiev.



"Morte aos sádicos!" e "Oksana, Vive!" bradavam as feministas depois de terem escalado o pórtico de entrada do prédio da Promotoria.



A revolta geral aumentou com um vídeo apresentado como sendo o interrogatório de um dos torturadores de Oksana Makar e difundido no Youtube.



Nele, é possível ver um jovem, com o rosto coberto, descrevendo o crime, no qual teria estrangulado Oksana com as mãos e, depois, com uma corda.



Ele dizia que a vítima tinha aceitado manter relações sexuais com seus agressores, e que depois ameaçou "denunciá-los à polícia" por estupro.



"Ela gritava (...) e eu a estuprei. Ela não se acalmou e decidi estrangulá-la", contou.



Acreditando que a jovem estivesse morta, seus agressores a jogaram em um canteiro. "Eu não queria queimar o corpo", disse ele, que alegou ter colocado fogo apenas em um pedaço de pano e jogado perto da vítima.



A imprensa ucraniana indicou que os suspeitos são filhos de pais ricos com fortes relações com as autoridades do governo local. Contudo, seus nomes ainda não foram oficialmente revelados.



Devido ao impacto do escândalo, os dois suspeitos voltaram a ser presos alguns dias depois de terem sido soltos e várias autoridades da polícia e da Promotoria local foram demitidas, segundo o Ministério do Interior.



Os supostos autores do crime podem ser condenados à prisão perpétua, pena mais severa da Ucrânia, disse a mesma fonte.




Portal Terra



Posted at 13:16 |  by Antonio jads

0 comentários:





De janeiro até março deste ano, pelo menos 13 municípios da Paraíba já receberam notificação do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), para afastar os servidores contratados em caráter temporário por excepcional interesse público. Os municípios são Amparo, São Sebastião de Lagoa de Roça, Aparecida, Aroeiras, Condado, Taperoá, Várzea, Cacimba de Dentro, Santa Luzia, São Domingos de Pombal, Quixaba, São José de Piranhas e Arara. As decisões do TJPB foram motivadas por denúncias do Ministério Público do Estado (MPPB), que tem comprado a briga no combate à admissão irregular de servidores para prestação de serviços próprios ou da rotina da administração, desde o ano passado. Esse tipo de vínculo só deve ser firmado em caso de excepcionalidade, a fim de suprir uma demanda urgente do quadro de pessoal, e com prazo definido, sendo, portanto, obrigatória a realização de concurso para ocupação efetiva de cargos públicos. Ignorando o que determina a Constituição e a recomendação do MPPB, ainda há outras cidades que não se adequaram à lei. É o caso dos municípios de Mogeiro e Caaporã.



Contratações excepcionais



 Segundo dados do Sagres, do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE), o município de Mogeiro gastou em apenas um mês R$ 246.676,02 com pagamento de contratações por excepcional interesse público, aproximadamente 25% da folha de pessoal. Os dados são referentes ao mês de dezembro de 2011 e correspondem à remuneração de 121 servidores vinculados. Em Caaporã, localizado no Litoral Sul, a situação é bastante semelhante. Em dezembro de 2011, constavam na folha de pessoal do município 178 servidores contratados por excepcional interesse público. A remuneração desses prestadores representou aproximadamente 14 % do total da folha (R$ 470.321,11). De acordo com a folha de pessoal de dezembro de 2011, Caaporã possuía 55 professores nesta situação, além de médicos, nutricionistas, enfermeiros, psicólogos, dentistas, auxiliares de enfermagem, agentes administrativos, e outros profissioais.



Jornal Correio

Justiça notifica 13 municípios para demitir contratados...





De janeiro até março deste ano, pelo menos 13 municípios da Paraíba já receberam notificação do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), para afastar os servidores contratados em caráter temporário por excepcional interesse público. Os municípios são Amparo, São Sebastião de Lagoa de Roça, Aparecida, Aroeiras, Condado, Taperoá, Várzea, Cacimba de Dentro, Santa Luzia, São Domingos de Pombal, Quixaba, São José de Piranhas e Arara. As decisões do TJPB foram motivadas por denúncias do Ministério Público do Estado (MPPB), que tem comprado a briga no combate à admissão irregular de servidores para prestação de serviços próprios ou da rotina da administração, desde o ano passado. Esse tipo de vínculo só deve ser firmado em caso de excepcionalidade, a fim de suprir uma demanda urgente do quadro de pessoal, e com prazo definido, sendo, portanto, obrigatória a realização de concurso para ocupação efetiva de cargos públicos. Ignorando o que determina a Constituição e a recomendação do MPPB, ainda há outras cidades que não se adequaram à lei. É o caso dos municípios de Mogeiro e Caaporã.



Contratações excepcionais



 Segundo dados do Sagres, do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE), o município de Mogeiro gastou em apenas um mês R$ 246.676,02 com pagamento de contratações por excepcional interesse público, aproximadamente 25% da folha de pessoal. Os dados são referentes ao mês de dezembro de 2011 e correspondem à remuneração de 121 servidores vinculados. Em Caaporã, localizado no Litoral Sul, a situação é bastante semelhante. Em dezembro de 2011, constavam na folha de pessoal do município 178 servidores contratados por excepcional interesse público. A remuneração desses prestadores representou aproximadamente 14 % do total da folha (R$ 470.321,11). De acordo com a folha de pessoal de dezembro de 2011, Caaporã possuía 55 professores nesta situação, além de médicos, nutricionistas, enfermeiros, psicólogos, dentistas, auxiliares de enfermagem, agentes administrativos, e outros profissioais.



Jornal Correio

Posted at 13:13 |  by Antonio jads

1 comentários:





Um Projeto de Lei do Deputado Caio Roberto (PR) que proíbe a cobrança de taxa ou tarifa de esgoto sem a efetiva prestação do serviço no âmbito do Estado da Paraíba, foi apresentando na Assembléia Legislativa.

Ficam as Instituições Públicas e as concessionárias ou permissionárias de serviços de água e esgoto com atuação no Estado da Paraíba, proibidas de cobrarem qualquer valor referente à taxa ou tarifa de esgoto sem a efetiva prestação do serviço de coleta e tratamento do esgoto produzido pelo consumidor de seus serviços.

Para efeitos desta Lei, entende-se por efetiva prestação de serviço as atividades conjuntas voltadas para as fases de coleta, transporte, tratamento e disposição final adequada dos esgotos sanitários, incluindo as respectivas infraestruturas e instalações operacionais necessárias a cada fase do serviço, desde as ligações prediais até o seu lançamento final após tratamento no meio ambiente.

A efetiva prestação de serviço em todas as fases previstas nesta Lei deverá se dar de forma adequada, eficiente e segura, devendo sua eficiência ser anualmente comprovada e atestada pelos órgãos públicos responsáveis, sob pena de impossibilidade da respectiva cobrança pelo serviço.

- O presente Projeto de Lei tem por foco primordial a Defesa do Consumidor, procurando equilibrar uma relação que sempre lhe é desfavorável, ainda mais diante do caráter exclusivo da prestação de serviço, pois é direito certo do consumidor pagar pelo serviço que efetivamente recebe, afirmou Caio.



Da redação com Ascom

Deputado apresenta projeto que proíbe cobrança de taxa de esgoto sem a prestação do serviço





Um Projeto de Lei do Deputado Caio Roberto (PR) que proíbe a cobrança de taxa ou tarifa de esgoto sem a efetiva prestação do serviço no âmbito do Estado da Paraíba, foi apresentando na Assembléia Legislativa.

Ficam as Instituições Públicas e as concessionárias ou permissionárias de serviços de água e esgoto com atuação no Estado da Paraíba, proibidas de cobrarem qualquer valor referente à taxa ou tarifa de esgoto sem a efetiva prestação do serviço de coleta e tratamento do esgoto produzido pelo consumidor de seus serviços.

Para efeitos desta Lei, entende-se por efetiva prestação de serviço as atividades conjuntas voltadas para as fases de coleta, transporte, tratamento e disposição final adequada dos esgotos sanitários, incluindo as respectivas infraestruturas e instalações operacionais necessárias a cada fase do serviço, desde as ligações prediais até o seu lançamento final após tratamento no meio ambiente.

A efetiva prestação de serviço em todas as fases previstas nesta Lei deverá se dar de forma adequada, eficiente e segura, devendo sua eficiência ser anualmente comprovada e atestada pelos órgãos públicos responsáveis, sob pena de impossibilidade da respectiva cobrança pelo serviço.

- O presente Projeto de Lei tem por foco primordial a Defesa do Consumidor, procurando equilibrar uma relação que sempre lhe é desfavorável, ainda mais diante do caráter exclusivo da prestação de serviço, pois é direito certo do consumidor pagar pelo serviço que efetivamente recebe, afirmou Caio.



Da redação com Ascom

Posted at 13:00 |  by Antonio jads

0 comentários:

terça-feira, 27 de março de 2012





O pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Renan Palmeira (PSOL), falou nesta terça-feira (27) da luta dos homossexuais para conseguir um espaço dentro dos partidos e da importância história que é a sua candidatura para a cidade de João Pessoa.

Segundo Palmeira, foram 6 meses de diálogo interno dentro do partido para que sua candidatura fosse aceita por todos os dirigentes e militantes. Para o pré-candidato “esse é um momento histórico para a capital e para a Paraíba. Uma candidatura que levanta uma bandeira LGBT”.

“Essa é uma bandeira prioritária, mas não é a única. Foram 10 anos de militância no movimento social, estou no fórum em defesa do SUS, fui do movimento estudantil, diretor DCE da uepb além de ser um dos fundadores do PSOL” declarou Renan Palmeira.

De acordo com Renan, a candidatura representa um “programa popular de ruptura, contestação da ordem social. São temas que precisam ser discutidos”.



A campanha conta com o apoio de Vital Farias e do deputado federal Jean Wyllys que terá uma agenda em João Pessoa para dar visibilidade a campanha do PSOL.

A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT está realizando um levantamento dos números de homossexuais assumidos que serão candidatos em todo o Brasil. Segundo eles, já são 122 pré-candidatos a vereador e mais de 500 intenções.

“Os homossexuais precisam lutar muito para conquistar espaços de candidatura dentro dos partidos. Ainda existe muita homofobia nos partidos políticos do Brasil. Isso tem que mudar” concluiu Renan Palmeira.



Iayna Rabay

Paraíba.com


JP terá o primeiro candidato a prefeito assumidamente gay do Brasil





O pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Renan Palmeira (PSOL), falou nesta terça-feira (27) da luta dos homossexuais para conseguir um espaço dentro dos partidos e da importância história que é a sua candidatura para a cidade de João Pessoa.

Segundo Palmeira, foram 6 meses de diálogo interno dentro do partido para que sua candidatura fosse aceita por todos os dirigentes e militantes. Para o pré-candidato “esse é um momento histórico para a capital e para a Paraíba. Uma candidatura que levanta uma bandeira LGBT”.

“Essa é uma bandeira prioritária, mas não é a única. Foram 10 anos de militância no movimento social, estou no fórum em defesa do SUS, fui do movimento estudantil, diretor DCE da uepb além de ser um dos fundadores do PSOL” declarou Renan Palmeira.

De acordo com Renan, a candidatura representa um “programa popular de ruptura, contestação da ordem social. São temas que precisam ser discutidos”.



A campanha conta com o apoio de Vital Farias e do deputado federal Jean Wyllys que terá uma agenda em João Pessoa para dar visibilidade a campanha do PSOL.

A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT está realizando um levantamento dos números de homossexuais assumidos que serão candidatos em todo o Brasil. Segundo eles, já são 122 pré-candidatos a vereador e mais de 500 intenções.

“Os homossexuais precisam lutar muito para conquistar espaços de candidatura dentro dos partidos. Ainda existe muita homofobia nos partidos políticos do Brasil. Isso tem que mudar” concluiu Renan Palmeira.



Iayna Rabay

Paraíba.com


Posted at 14:11 |  by Antonio jads

0 comentários:





A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou hoje o fim do décimo quarto e do décimo quinto salários dos parlamentares. O projeto de decreto legislativo prevê que deputados e senadores só terão direito a receber os auxílios-mudança e transporte no início e no fim do mandato parlamentar.



Hoje, os parlamentares recebem essas ajudas de custo duas vezes por ano. A matéria vai agora para a Mesa Diretora da Casa.



Os dois benefícios equivalem, cada um, ao salário do parlamentar, de R$ 26,7 mil. Por ano, o Senado gasta R$ 4,3 milhões com o pagamento dos auxílios-mudança e transportes aos 81 senadores. Ao fim do mandato de oito anos, a despesa chega a R$ 34,4 milhões. Se a matéria for aprovada no Senado e na Câmara, o gasto com mudanças dos senadores cairá para R$ 4,3 milhões.



O relator do projeto, senador Lindbergh Farias (PT-RJ), disse que o pagamento se justificava "na época em que os transportes eram precários e os parlamentares se deslocavam para a capital do país a cada ano e lá permaneciam até o fim do ano legislativo".



Hoje, acrescentou, os parlamentares têm a oportunidade de viajar para os respectivos estados todo fim de semana. Para o relator, isso torna injustificável a manutenção desses benefícios.



O projeto para acabar com os salários extras foi apresentado em 2011 pela então senadora e hoje ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. "A prática não se justifica nem sob o argumento de que ela representa uma forma de complementação remuneratória para os parlamentares", disse o relator.






Fonte: Agência Brasil








Comissão do Senado aprova fim do 14º e 15º salários de parlamentares





A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou hoje o fim do décimo quarto e do décimo quinto salários dos parlamentares. O projeto de decreto legislativo prevê que deputados e senadores só terão direito a receber os auxílios-mudança e transporte no início e no fim do mandato parlamentar.



Hoje, os parlamentares recebem essas ajudas de custo duas vezes por ano. A matéria vai agora para a Mesa Diretora da Casa.



Os dois benefícios equivalem, cada um, ao salário do parlamentar, de R$ 26,7 mil. Por ano, o Senado gasta R$ 4,3 milhões com o pagamento dos auxílios-mudança e transportes aos 81 senadores. Ao fim do mandato de oito anos, a despesa chega a R$ 34,4 milhões. Se a matéria for aprovada no Senado e na Câmara, o gasto com mudanças dos senadores cairá para R$ 4,3 milhões.



O relator do projeto, senador Lindbergh Farias (PT-RJ), disse que o pagamento se justificava "na época em que os transportes eram precários e os parlamentares se deslocavam para a capital do país a cada ano e lá permaneciam até o fim do ano legislativo".



Hoje, acrescentou, os parlamentares têm a oportunidade de viajar para os respectivos estados todo fim de semana. Para o relator, isso torna injustificável a manutenção desses benefícios.



O projeto para acabar com os salários extras foi apresentado em 2011 pela então senadora e hoje ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. "A prática não se justifica nem sob o argumento de que ela representa uma forma de complementação remuneratória para os parlamentares", disse o relator.






Fonte: Agência Brasil








Posted at 13:47 |  by Antonio jads

0 comentários:





A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) está convocando, para a assinatura de contrato de trabalho, mais 100 aprovados no concurso público realizado pela empresa em 2008. A relação contendo os nomes dos convocados, que já realizaram exames médicos, será publicada na edição desta quarta-feira (28) do Diário Oficial do Estado.



De acordo com o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, os novos convocados vão atuar nos seguintes cargos: cadastrador, leiturista, agente de manutenção, atendente comercial, agente operacional, motorista, engenheiro civil, engenheiro eletricista, técnico em saneamento e técnico em geoprocessamento.



Os novos convocados deverão comparecer à sede administrativa da companhia, localizada na Rua Feliciano Cirne, no bairro de Jaguaribe, na Capital, nas próximas segunda (2) e terça-feira (3), às 7h30, para instrumentalizar seus contratos de trabalho.



Segue em anexo a lista de convocados.



Baixar Arquivo (XLS, 72,5KB)





Secom PB

Governo convoca mais 100 para assinar contrato de trabalho





A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) está convocando, para a assinatura de contrato de trabalho, mais 100 aprovados no concurso público realizado pela empresa em 2008. A relação contendo os nomes dos convocados, que já realizaram exames médicos, será publicada na edição desta quarta-feira (28) do Diário Oficial do Estado.



De acordo com o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, os novos convocados vão atuar nos seguintes cargos: cadastrador, leiturista, agente de manutenção, atendente comercial, agente operacional, motorista, engenheiro civil, engenheiro eletricista, técnico em saneamento e técnico em geoprocessamento.



Os novos convocados deverão comparecer à sede administrativa da companhia, localizada na Rua Feliciano Cirne, no bairro de Jaguaribe, na Capital, nas próximas segunda (2) e terça-feira (3), às 7h30, para instrumentalizar seus contratos de trabalho.



Segue em anexo a lista de convocados.



Baixar Arquivo (XLS, 72,5KB)





Secom PB

Posted at 13:28 |  by Antonio jads

0 comentários:





O Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP) protocolou ação, nesta segunda-feira (26), na Justiça Federal para permitir que crianças com menos de 6 anos possam ser matriculadas no ensino fundamental. Atualmente, uma resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) define que, para ser matriculado no ensino fundamental, o aluno precisa completar 6 anos até 31 de março. No estado de São Paulo, uma deliberação do Conselho Estadual de Educação estipula o dia 30 de junho como data limite. A ação, que inclui pedido de liminar, quer que a União e o estado de São Paulo reavaliem os critérios de acesso dos alunos ao ensino fundamental. Para o procurador Jefferson Aparecido Dias, o critério da idade “retém o aprendizado infantil e acorrenta o desenvolvimento de crianças aptas a acompanhar a educação escolar”. Ele defende que a restrição é ilegal e incostituicional. Pelas regras do CNE, a criança que não completou 6 anos em 31 de março deveria ser matriculada na pré-escola. No ano passado, ações semelhantes foram ajuizadas pelo Ministério Público em outros estados. Em Pernambuco, a Justiça Federal acatou o pedido do MPF. O objetivo da resolução do CNE, aprovada em 2010, é organizar o ingresso dos alunos no ensino fundamental, porque, até então, cada rede de ensino fixava uma regra diferente. O colegiado defendia, à época, que a criança poderia ser prejudicada ao ingressar precocemente no ensino fundamental sem o desenvolvimento intelectual e social necessário à etapa. As decisões do CNE não têm força de lei, mas servem de orientação geral para os sistemas públicos e privados de ensino.





Agência Brasil

MPF quer crianças com menos de 6 anos no fundamental





O Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP) protocolou ação, nesta segunda-feira (26), na Justiça Federal para permitir que crianças com menos de 6 anos possam ser matriculadas no ensino fundamental. Atualmente, uma resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) define que, para ser matriculado no ensino fundamental, o aluno precisa completar 6 anos até 31 de março. No estado de São Paulo, uma deliberação do Conselho Estadual de Educação estipula o dia 30 de junho como data limite. A ação, que inclui pedido de liminar, quer que a União e o estado de São Paulo reavaliem os critérios de acesso dos alunos ao ensino fundamental. Para o procurador Jefferson Aparecido Dias, o critério da idade “retém o aprendizado infantil e acorrenta o desenvolvimento de crianças aptas a acompanhar a educação escolar”. Ele defende que a restrição é ilegal e incostituicional. Pelas regras do CNE, a criança que não completou 6 anos em 31 de março deveria ser matriculada na pré-escola. No ano passado, ações semelhantes foram ajuizadas pelo Ministério Público em outros estados. Em Pernambuco, a Justiça Federal acatou o pedido do MPF. O objetivo da resolução do CNE, aprovada em 2010, é organizar o ingresso dos alunos no ensino fundamental, porque, até então, cada rede de ensino fixava uma regra diferente. O colegiado defendia, à época, que a criança poderia ser prejudicada ao ingressar precocemente no ensino fundamental sem o desenvolvimento intelectual e social necessário à etapa. As decisões do CNE não têm força de lei, mas servem de orientação geral para os sistemas públicos e privados de ensino.





Agência Brasil

Posted at 13:20 |  by Antonio jads

0 comentários:

segunda-feira, 26 de março de 2012



Será realizado no Município de Mogeiro o 1º encontro Regional com a equipe da GIDUR/JP (Gerência de Filial de Apoio ao Desenvolvimento Urbano e Rural).

O encontro será realizado no período de 27 a 28 de Março no auditório da Escola Municipal Iraci Rodrigues que fica na Avenida José Silveira s/n Centro, das  09h00 às 18h00.

Foram convidados os(as) Prefeitos(a) e Engenheiro(a), Técnico(a) Social, GMC, técnico(a) responsável pela prestação de contas dos Contratos OGU dos Municípios vinculados á Ag. Itabaiana e Sapé: Gurinhém , Ingá, Itabaiana, Itatuba, Juripiranga, Mogeiro, Pilar, Salgado de São Félix,São José dos Ramos, São Miguel de Taipu, Caldas Brandão, Mari, Riacho do Poço, Sapé e Sobrado onde irão participar de um Encontro com equipe de Assistência Técnica da GIDUR/JP, onde estarão presentes: Gerente, Coordenadores, Engenheiro e Assistente Social da Caixa Econômica Federal.

A presença de todos os filiados do COGIVA, (Consórcio Intermunicipal de Gestão Pública Integrada dos Municípios do Baixo Rio Paraíba) tendo como presidente o Prefeito de Mogeiro Antonio José Ferreira, será de muita importância tendo em vista interesses futuros deste Consórcio.


















1° Enconto Regional na Cidade de Mogeiro



Será realizado no Município de Mogeiro o 1º encontro Regional com a equipe da GIDUR/JP (Gerência de Filial de Apoio ao Desenvolvimento Urbano e Rural).

O encontro será realizado no período de 27 a 28 de Março no auditório da Escola Municipal Iraci Rodrigues que fica na Avenida José Silveira s/n Centro, das  09h00 às 18h00.

Foram convidados os(as) Prefeitos(a) e Engenheiro(a), Técnico(a) Social, GMC, técnico(a) responsável pela prestação de contas dos Contratos OGU dos Municípios vinculados á Ag. Itabaiana e Sapé: Gurinhém , Ingá, Itabaiana, Itatuba, Juripiranga, Mogeiro, Pilar, Salgado de São Félix,São José dos Ramos, São Miguel de Taipu, Caldas Brandão, Mari, Riacho do Poço, Sapé e Sobrado onde irão participar de um Encontro com equipe de Assistência Técnica da GIDUR/JP, onde estarão presentes: Gerente, Coordenadores, Engenheiro e Assistente Social da Caixa Econômica Federal.

A presença de todos os filiados do COGIVA, (Consórcio Intermunicipal de Gestão Pública Integrada dos Municípios do Baixo Rio Paraíba) tendo como presidente o Prefeito de Mogeiro Antonio José Ferreira, será de muita importância tendo em vista interesses futuros deste Consórcio.


















Posted at 02:28 |  by Antonio jads

0 comentários:

domingo, 25 de março de 2012



Projeto foi desenvolvido por alunos de Campina Grande. Programa federal coordena criação de chips em universidades públicas.






Mais de 20 alunos da UFCG participaram do projeto
(Foto: Divulgação)

Um chip que trabalha como um verificador de identidade vocal, cujo objetivo é relacionar uma voz à uma identidade ou certificar se quem está falando é realmente quem diz ser. Foi isso que os alunos do Laboratório de Arquitetura Dedicada (LAD) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) montaram através do programa federal Brazil-IP (Brazil Intelectual Property), que busca a capacitação de profissionais capazes de projetar circuitos integrados.



O Brazil-IP existe desde 2003 e integra estudantes e professores de várias universidades públicas espalhadas pelo Brasil, cada uma delas responsável por um projeto. O programa passou, para cada uma, a tarefa de montar um chip. Em 2009, o grupo da UFCG começou a montar o Speaker Verification System (SPVR), um dos chips mais complexos já feito no Brasil, segundo o LAD.

O projeto paraibano teve início apenas com alunos da graduação de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação. Desde seu início, cerca de 20 alunos participaram em algum momento da equipe. O estudante Lucas Paixão, do curso de Engenharia, explicou o funcionamento do projeto e quais seriam os próximos passos.







Chip SPVR é um dos mais complexos já feitos no
Brasil (Foto: Divulgação)


“O chip recebeu o nome de SPVR e confere a identidade do usuário através da voz. O processo de reconhecimento se dá no momento em que o chip busca parâmetros da voz de determinada pessoa, definindo um modelo que perceba cada característica vocal diferenciada das outras pessoas”, disse Paixão.

Lucas continuou dizendo que “três anos após o início do projeto, conseguimos concluir. Estamos na fase final, mas o chip já está feito. Na porta do nosso laboratório temos um circuito que “imita” o funcionamento do SPVR, e só consegue entrar quem tem a voz reconhecida para obter permissão de entrada.”

Elmar Melcher, professor do Departamento de Sistema e Computação e coordenador do projeto, disse estar muito feliz com o resultado desses anos de esforço e avanço tecnológico. “Estou muito orgulhoso de fazer parte dessa equipe. O chip criado mostra a excelente qualidade da formação dada aos alunos participantes do programa Brazil-IP.”



Do G1 PB




Chip de reconhecimento de voz é desenvolvido em universidade da PB



Projeto foi desenvolvido por alunos de Campina Grande. Programa federal coordena criação de chips em universidades públicas.






Mais de 20 alunos da UFCG participaram do projeto
(Foto: Divulgação)

Um chip que trabalha como um verificador de identidade vocal, cujo objetivo é relacionar uma voz à uma identidade ou certificar se quem está falando é realmente quem diz ser. Foi isso que os alunos do Laboratório de Arquitetura Dedicada (LAD) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) montaram através do programa federal Brazil-IP (Brazil Intelectual Property), que busca a capacitação de profissionais capazes de projetar circuitos integrados.



O Brazil-IP existe desde 2003 e integra estudantes e professores de várias universidades públicas espalhadas pelo Brasil, cada uma delas responsável por um projeto. O programa passou, para cada uma, a tarefa de montar um chip. Em 2009, o grupo da UFCG começou a montar o Speaker Verification System (SPVR), um dos chips mais complexos já feito no Brasil, segundo o LAD.

O projeto paraibano teve início apenas com alunos da graduação de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação. Desde seu início, cerca de 20 alunos participaram em algum momento da equipe. O estudante Lucas Paixão, do curso de Engenharia, explicou o funcionamento do projeto e quais seriam os próximos passos.







Chip SPVR é um dos mais complexos já feitos no
Brasil (Foto: Divulgação)


“O chip recebeu o nome de SPVR e confere a identidade do usuário através da voz. O processo de reconhecimento se dá no momento em que o chip busca parâmetros da voz de determinada pessoa, definindo um modelo que perceba cada característica vocal diferenciada das outras pessoas”, disse Paixão.

Lucas continuou dizendo que “três anos após o início do projeto, conseguimos concluir. Estamos na fase final, mas o chip já está feito. Na porta do nosso laboratório temos um circuito que “imita” o funcionamento do SPVR, e só consegue entrar quem tem a voz reconhecida para obter permissão de entrada.”

Elmar Melcher, professor do Departamento de Sistema e Computação e coordenador do projeto, disse estar muito feliz com o resultado desses anos de esforço e avanço tecnológico. “Estou muito orgulhoso de fazer parte dessa equipe. O chip criado mostra a excelente qualidade da formação dada aos alunos participantes do programa Brazil-IP.”



Do G1 PB




Posted at 04:47 |  by Antonio jads

0 comentários:






Foto: Secom PB

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), está realizando a entrega, em todas as escolas da rede estadual de ensino da Paraíba, de kits escolares, fardamentos e material esportivo. Também estão sendo distribuídos os livros didáticos às escolas e os netbooks aos professores que participaram do curso Educador Digital, promovido pela SEE em 2011.



Nesta segunda-feira (26), o secretário de Estado da Educação, Afonso Scocuglia, participará da entrega dos kits escolares nas Gerências Regionais de Educação (GRE) de Sousa, às 10h, e Cajazeiras, às 15h. “Estamos distribuindo os kits escolares, começando pelas gerências de Sousa e Cajazeiras, que são mais distantes da Capital, e vamos continuar em todas as outras regionais”, disse Scocuglia.



Na última quinta-feira (22), o secretário visitou o almoxarifado da SEE e vistoriou o carregamento dos caminhões que levaram o material para o interior do Estado e também a montagem dos kits escolares.



O fardamento, composto por duas camisetas, está em processo final de distribuição. O kit escolar é composto por cadernos de matérias e de desenho, canetas, lápis grafite, borracha, mochila, régua, transferidor, compasso, garrafa para água, lápis de cor e hidrocor, tinta, tesoura, cola, apontadores, entre outros.



Foram adquiridas mais de 800 mil camisas, num investimento de mais de R$ 9 milhões, pelo Governo do Estado, que também investiu aproximadamente R$ 24 milhões em kits escolares, para serem distribuídos aos alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (Eja).



Material esportivo – Com o objetivo de reativar a prática da Educação Física na rede estadual a Gerência Operacional de Desporto Escolar (Gode), da SEE está distribuindo o kit de material esportivo, composto por bolas de futebol, voleibol, basquetebol, handebol feminino e masculino, futsal, rede de voleibol, traves, cesta de basquetebol, corda de nylon, corda elástica, cabo de aço, cones, medicine ball (2kg) e coletes. Para aquisição do material o Governo do Estado investiu cerca de R$ 2,7 milhões. Nesta sexta-feira (23) os kits esportivos foram entregues em 28 escolas da 2ª GRE em Guarabira.



Netbooks – O Governo do Estado vem realizando durante todo o mês de março a entrega de netbooks aos professores da rede estadual que participaram do curso Educador Digital em 2011. Os equipamentos eletrônicos já foram entregues a 1,2 mil professores da 1ª GRE, em João Pessoa, Bayeux, Cabedelo, Santa Rita, Alhandra, Caaporã, Cuité, Mamanguape, Guarabira, Itabaiana, Salgado de São Félix, Sapé e Campina Grande.



O curso Educador Digital é uma ação do Governo do Estado, dentro do Plano de Governo “Paraíba Faz Educação”. Trata-se de uma capacitação de 40 horas aos professores da rede pública estadual de ensino, que presenteia o professor, ao final do curso, com um netbook para auxiliá-lo na melhoria da qualidade de sua prática pedagógica.



Secom PB

Governo entrega kits, fardamento e material esportivo em escolas






Foto: Secom PB

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), está realizando a entrega, em todas as escolas da rede estadual de ensino da Paraíba, de kits escolares, fardamentos e material esportivo. Também estão sendo distribuídos os livros didáticos às escolas e os netbooks aos professores que participaram do curso Educador Digital, promovido pela SEE em 2011.



Nesta segunda-feira (26), o secretário de Estado da Educação, Afonso Scocuglia, participará da entrega dos kits escolares nas Gerências Regionais de Educação (GRE) de Sousa, às 10h, e Cajazeiras, às 15h. “Estamos distribuindo os kits escolares, começando pelas gerências de Sousa e Cajazeiras, que são mais distantes da Capital, e vamos continuar em todas as outras regionais”, disse Scocuglia.



Na última quinta-feira (22), o secretário visitou o almoxarifado da SEE e vistoriou o carregamento dos caminhões que levaram o material para o interior do Estado e também a montagem dos kits escolares.



O fardamento, composto por duas camisetas, está em processo final de distribuição. O kit escolar é composto por cadernos de matérias e de desenho, canetas, lápis grafite, borracha, mochila, régua, transferidor, compasso, garrafa para água, lápis de cor e hidrocor, tinta, tesoura, cola, apontadores, entre outros.



Foram adquiridas mais de 800 mil camisas, num investimento de mais de R$ 9 milhões, pelo Governo do Estado, que também investiu aproximadamente R$ 24 milhões em kits escolares, para serem distribuídos aos alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (Eja).



Material esportivo – Com o objetivo de reativar a prática da Educação Física na rede estadual a Gerência Operacional de Desporto Escolar (Gode), da SEE está distribuindo o kit de material esportivo, composto por bolas de futebol, voleibol, basquetebol, handebol feminino e masculino, futsal, rede de voleibol, traves, cesta de basquetebol, corda de nylon, corda elástica, cabo de aço, cones, medicine ball (2kg) e coletes. Para aquisição do material o Governo do Estado investiu cerca de R$ 2,7 milhões. Nesta sexta-feira (23) os kits esportivos foram entregues em 28 escolas da 2ª GRE em Guarabira.



Netbooks – O Governo do Estado vem realizando durante todo o mês de março a entrega de netbooks aos professores da rede estadual que participaram do curso Educador Digital em 2011. Os equipamentos eletrônicos já foram entregues a 1,2 mil professores da 1ª GRE, em João Pessoa, Bayeux, Cabedelo, Santa Rita, Alhandra, Caaporã, Cuité, Mamanguape, Guarabira, Itabaiana, Salgado de São Félix, Sapé e Campina Grande.



O curso Educador Digital é uma ação do Governo do Estado, dentro do Plano de Governo “Paraíba Faz Educação”. Trata-se de uma capacitação de 40 horas aos professores da rede pública estadual de ensino, que presenteia o professor, ao final do curso, com um netbook para auxiliá-lo na melhoria da qualidade de sua prática pedagógica.



Secom PB

Posted at 04:39 |  by Antonio jads

0 comentários:

sábado, 24 de março de 2012



Comediante estava internado em hospital no Rio de Janeiro.

Ele começou no rádio, fez sucesso na TV e atuou em filmes.







Morreu às 14h52 desta sexta-feira (23), aos 80 anos, o humorista Chico Anysio. Segundo nota divulgada pelo Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio, onde ele estava internado havia três meses, o humorista morreu após uma parada cardiorrespiratória, causada por falência múltipla dos órgãos, decorrente de choque séptico causado por infecção pulmonar. Ao longo de seus 65 anos de carreira, o cearense Chico Anysio criou mais de 200 personagens e foi um dos maiores humoristas do Brasil com destaque no rádio, na TV, no cinema e no teatro (abaixo, nesta reportagem, relembre sua trajetória). Ele deixa oito filhos e completaria 81 anos no dia 12 de abril.



O corpo de Chico Anysio será velado no Theatro Municial, no Centro do Rio. O velório será aberto ao público a partir das 12h. No domingo (24), ele será cremado no Cemitério do Caju, na Zona Portuária. O horário da cerimônia ainda não foi definido. O governador do estado do Ceará, Cid Gomes, decretou luto oficial no Estado, por 3 dias, por causa da morte do humorista Chico Anysio.

Anysio apresentou uma piora nas funções respiratórias e renal na quarta-feira (21) e voltou a respirar com ajuda de aparelhos durante todo o dia. Ele estava no CTI do hospital carioca desde 22 de dezembro do ano passado por conta de um sangramento. O comediante chegou a ter o problema controlado, mas apresentou uma infecção pulmonar e retornou à internação. Ele seguia em sessões de fisioterapia respiratória e motora diariamente, somadas a antibióticos.

O ator também foi submetido a uma laparotomia exploradora, procedimento cirúrgico que serve para revelar um diagnóstico. Essa cirurgia fez com que Chico Anysio tivesse um segmento de seu intestino delgado retirado.



No final de 2010, ele foi levado ao mesmo hospital com falta de ar. Após uma obstrução da artéria coronariana ser encontrada, passou por uma angioplastia, procedimento para desobstrução de artérias. Após 110 dias, teve alta em março do ano passado.



Com fortes dores nas costas, o humorista foi novamente internado em novembro. Ficou no hospital durante cinco dias, para receber medicação intravenosa devido a problema antigo nas vértebras que provocava dor. No fim de novembro, teve febre e os médicos descobriram uma contaminação por fungos, tratada com antibióticos. No começo de dezembro, retornou ao hospital com infecção urinária e ficou internado por 22 dias. Um dia depois, voltou ao Hospital Samaritano.



Nos momentos mais críticos, quando esteve no hospital entre dezembro de 2010 e março de 2011, Chico necessitou da ajuda de aparelhos para respirar e se comunicava com médicos e familiares por meio de mímica. Durante o período pós-operatório, houve o diagnóstico de um tamponamento cardíaco, que acontece quando o sangue se acumula entre as membranas que envolvem o coração (pericárdio).



Durante o período de internação, que alternou momentos no CTI e em unidades intermediárias, Chico Anysio apresentou quadros de pneumonia e passou por sucessivas broncoscopias. As infecções foram tratadas com uso de antibióticos.

Antes, em agosto de 2010, o humorista precisou ser internado para a retirada de parte do intestino grosso após ser constatado um quadro de hemorragia no aparelho digestivo. Em maio de 2009, outra pneumonia o levou ao hospital.



Rádio e TV

Foi na Rádio Guanabara, ainda nos anos 50, que os seus tipos cômicos começaram a surgir. Até o “talento para imitar vozes”, como o proprio Chico descreveria em seu site, evoluir para a televisão. A estreia aconteceu em 1957, na extinta TV Rio, no programa “Aí vem dona Isaura”. Foi lá que o Professor Raimundo teve sua primeira aparição no vídeo, como o tio da protagonista que vinha do Nordeste — até então o programa só havia sido veiculado pelo rádio.

“Até tinha uma coisa de sentar para criar, mas uns nasceram pela voz, outros pelo tipo, pela personalidade, pela caracterização. Sempre fiz questão de que eles fossem encontrados sem que eu estivesse presente. Que alguém dissesse: "'Na minha terra, tem um Pantaleão. No Rio tem muito Azambuja’”, explicou o humorista ao “Estado de S. Paulo”, em 2009.



Num tempo em que ainda não existiam contratos de exclusividade, Chico pôde fazer participações especiais em programas de outras emissoras e em chanchadas da Atlântida.

O “Chico Anysio Show”, seu primeiro programa de humor, foi lançado no início da década de 60. Foi ao ar pela TV Rio, depois pela Excelsior e em 1982 voltou a ser exibido pela Rede Globo — onde o humorista já trabalhava desde 1969.

Mas foi na Globo que teve seus programas humorísticos de maior sucesso e onde desenvolveu a maioria de seus personagens. Entre as atrações, destaque para “Chico city” (1973-1980), “Chico total” (1981 e 1996) e “Chico Anysio show” (1982-1990) e "Escolinha do professor Raimundo".



Alguns desses personagens quase que se misturam à história da televisão brasileira, como o ator canastrão Alberto Roberto, o pão-duro Gastão Franco, o coronel Pantaleão, o pai-de-santo Véio Zuza, o velhinho ranzinza Popó, o alcoólatra Tavares e sua mulher Biscoito (Zezé Macedo) e o revoltado Jovem.



Com o passar dos anos, novos tipos eram criados e incorporados ao programa: o funcionário da TV Globo Bozó, que tentava impressionar as mulheres por conta de sua condição; o mulherengo e bonachão Nazareno, sempre de olho nas serviçais; o político corrupto Justo Veríssimo; e o pai de santo baiano e preguiçoso Painho são alguns dos mais populares.



Apresentada como quadro em outros programas desde a década de 1980, a “Escolinha do Professor Raimundo” tornou-se uma atração independente em 1990. No ar até 2002, o humorístico lançou toda uma geração de comediantes. Entre os “alunos” revelados pelo “professor Chico” estão Claudia Rodrigues, Tom Cavalcante e Claudia Gimenez.



Chico também atuou em novelas e especiais da Globo, como “Pé na jaca” (2007), “Sinhá Moça” (2006), “Guerra e paz” (2008) e “A diarista” (2004). Chico Anysio também teve um quadro fixo no Fantástico por 17 anos (de 1974 a 1991), e supervisionou a criação no programa “Os Trapalhões” no início dos anos 90.



Cinema

A incursão mais recente de Chico Anysio no cinema foi como dublador. É dele a voz do protagonista da animação “Up - Altas aventuras", animação do estúdio Pixar. Antes disso, o humorista fez uma participação especial no recordista de bilheteria “Se eu fosse você 2” (2008), de Daniel Filho. “Nos créditos finais fiz questão de colocar ‘senhor Francisco Anysio’. Ele é um astro, merece ser tratado com toda reverência”, explicou o diretor em entrevista ao G1 durante o lançamento do longa.



Em 1996, o humorista interpretou o personagem Zé Esteves, pai da personagem-título, em “Tieta”, de Cacá Diegues. O trabalho coincidiu com o aniversário de 25 anos da estréia de Chicono cinema, na pornochanchada "O doce esporte do sexo". Antes havia participado de comédias como "Mulheres à vista" e "Cacareco vem aí".



Em 2011, em sua última aparição pública, recebeu o prêmio especial do Júri do Festival do Rio pelo seu desempenho no longa “A hora e a vez de Augusto Matraga”, do diretor Vinícius Coimbra.

"O filme é importantíssimo, a obra é linda. Vinícius realizou algo quase inacreditável. É um filme que, tenho certeza, Sergio Leone assinaria com alegria", destacou o bem humorado Chico, que fez questão de receber o Troféu Redentor pessoalmente, mesmo de cadeira de rodas.

Literatura e artes plásticas

Além de se dedicar ao humor, Chico também foi artista plástico. Apaixonado pela pintura, retratou paisagens ao redor do mundo a partir de fotografias que tirava dos países que visitava. Realizou exposições de seus quadros em diversas galerias do Brasil e chegou a afirmar que gostaria de ter dedicado mais tempo à atividade.

“Porque teria tido mais tempo para aprender, para melhorar. Teria mais tempo para me tornar conhecido e aceito, para vender meus quadros por um preço melhor. Cheguei a admitir que a pintura seria meu emprego da velhice, mas não vai ser, porque ninguém está comprando nada de obra de arte, e pintar para guardar é terrível”, disse em entrevista à “Folha de S. Paulo”, em 2007. Foi autor de 21 livros, tendo publicado vários best-sellers na década de 70, como "O Batizado da vaca", "O telefone amarelo" e "O enterro do anão". Sua última publicação foi “O canalha”, lançada em 2000.

“É a história do cara que participou de todos os governos, desde Eurico Gaspar Dutra até o primeiro mandato de Fernando Henrique. Foi ele o responsável por todas as canalhices que ocorreram de lá para cá, como dar um revólver de presente a Getúlio Vargas”, explicaria o escritor Chico Anysio em entrevista à revista “Época”, no mesmo ano.

Outra de suas obras de destaque na literatura é o bem humorado manual “Como segurar seu casamento”, também de 2000. Na época, advertiu os leitores: “Não dou conselhos, transmito os erros que cometi e foram cometidos em cinco casamentos. Conviver é a arte de conceder. Essa troca de concessões gera a convivência harmônica”, comentou.




Carreira esportiva

Caçula de oito irmãos, Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho nasceu no dia 12 de abril de 1931, no município de Maranguape, no Ceará. A cidade constantemente era citada de forma saudosa pelo humorista – seu personagem mais popular, o Professor Raymundo, era de lá.

“Maranguape, cidade de que tanto falo, representa uma grande saudade. Foi um pequeno paraíso, o Éden da minha infância durante gloriosos anos. Foi lá que aprendi a ler sozinho”, escreveu o humorista em seu site oficial.



Aos 7 anos mudou-se para o Rio de Janeiro, após a falência da empresa de ônibus da família. Morador do Catete, contrariou a vontade do pai e do irmão mais velho — botafoguenses convictos — e se tornou vascaíno. Sonhava em ser jogador de futebol.



Mas a carreira esportiva logo foi esquecida, quando Chico passou em testes para ser locutor e ator da Rádio Guanabara. Ele ficou em segundo lugar, perdendo apenas para Silvio Santos.

Nos anos 50, também trabalhou nas rádios Mayrink Veiga, Clube de Pernambuco e Clube do Brasil. Foi na primeira que criou o programa que se tornaria um de seus maiores sucessos, "Escolinha do Professor Raymundo", inicialmente composta por três alunos: Afrânio Rodrigues (o que sabia tudo), João Fernandes (o que não sabia nada) e Zé Trindade (o que embromava o professor).



Apesar da tentativa de se tornar um galã de radionovelas, sua veia humorística se destacava desde o início. “A rádio Guanabara descobriu meu jeito para imitar vozes. Neste dia perdi minha chance de ser um Tarcísio Meira”, contou o comediante em seu site. Foi assim que começou a compor os mais de 70 tipos cômicos que marcariam sua carreira.



Casamentos e filhos

O primeiro de seus casamentos foi aos 22 anos, com a atriz Nancy Wanderley. Depois foi a vez de Rose Rondelli. Sobre a união com a cantora e ex-frenética Regina Chaves, dizia mal se lembrar. Já com Alcione Mazzeo, rompeu a relação por conta de um ensaio nu. Mas foi seu matrimônio com a ex-ministra da Economia do governo Collor, Zélia Cardoso de Mello — com quem teve dois filhos — que provocou mais polêmica. "Passou a ser uma pessoa de meu desagrado total. Fui um biombo para ela”, disse Chico à revista “Isto É”, em outubro de 2000.



Antes, porém, teve seis filhos, entre eles os atores Lug de Paula (famoso por interpretar o Seu Boneco, da “Escolinha do Professor Raimundo”), Nizo Neto (o Seu Ptolomeu, do mesmo programa, também dublador) Bruno Mazzeo (ator e roteirista). Chico também era tio do ator Marcos Palmeira, filho do cineasta Zelito Vianna, irmão do humorista; e da atriz Maria Maya, filha de Cininha de Paula, sobrinha do humorista.



Em novembro de 2009 foi agraciado com a Ordem do Mérito Cultural, a mais alta comenda do governo brasileiro na área. Da vida, dizia levar apenas um arrependimento: “Me arrependo enormemente de ter fumado durante 40 anos.”



Do G1


Chico Anysio morre aos 80 anos



Comediante estava internado em hospital no Rio de Janeiro.

Ele começou no rádio, fez sucesso na TV e atuou em filmes.







Morreu às 14h52 desta sexta-feira (23), aos 80 anos, o humorista Chico Anysio. Segundo nota divulgada pelo Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio, onde ele estava internado havia três meses, o humorista morreu após uma parada cardiorrespiratória, causada por falência múltipla dos órgãos, decorrente de choque séptico causado por infecção pulmonar. Ao longo de seus 65 anos de carreira, o cearense Chico Anysio criou mais de 200 personagens e foi um dos maiores humoristas do Brasil com destaque no rádio, na TV, no cinema e no teatro (abaixo, nesta reportagem, relembre sua trajetória). Ele deixa oito filhos e completaria 81 anos no dia 12 de abril.



O corpo de Chico Anysio será velado no Theatro Municial, no Centro do Rio. O velório será aberto ao público a partir das 12h. No domingo (24), ele será cremado no Cemitério do Caju, na Zona Portuária. O horário da cerimônia ainda não foi definido. O governador do estado do Ceará, Cid Gomes, decretou luto oficial no Estado, por 3 dias, por causa da morte do humorista Chico Anysio.

Anysio apresentou uma piora nas funções respiratórias e renal na quarta-feira (21) e voltou a respirar com ajuda de aparelhos durante todo o dia. Ele estava no CTI do hospital carioca desde 22 de dezembro do ano passado por conta de um sangramento. O comediante chegou a ter o problema controlado, mas apresentou uma infecção pulmonar e retornou à internação. Ele seguia em sessões de fisioterapia respiratória e motora diariamente, somadas a antibióticos.

O ator também foi submetido a uma laparotomia exploradora, procedimento cirúrgico que serve para revelar um diagnóstico. Essa cirurgia fez com que Chico Anysio tivesse um segmento de seu intestino delgado retirado.



No final de 2010, ele foi levado ao mesmo hospital com falta de ar. Após uma obstrução da artéria coronariana ser encontrada, passou por uma angioplastia, procedimento para desobstrução de artérias. Após 110 dias, teve alta em março do ano passado.



Com fortes dores nas costas, o humorista foi novamente internado em novembro. Ficou no hospital durante cinco dias, para receber medicação intravenosa devido a problema antigo nas vértebras que provocava dor. No fim de novembro, teve febre e os médicos descobriram uma contaminação por fungos, tratada com antibióticos. No começo de dezembro, retornou ao hospital com infecção urinária e ficou internado por 22 dias. Um dia depois, voltou ao Hospital Samaritano.



Nos momentos mais críticos, quando esteve no hospital entre dezembro de 2010 e março de 2011, Chico necessitou da ajuda de aparelhos para respirar e se comunicava com médicos e familiares por meio de mímica. Durante o período pós-operatório, houve o diagnóstico de um tamponamento cardíaco, que acontece quando o sangue se acumula entre as membranas que envolvem o coração (pericárdio).



Durante o período de internação, que alternou momentos no CTI e em unidades intermediárias, Chico Anysio apresentou quadros de pneumonia e passou por sucessivas broncoscopias. As infecções foram tratadas com uso de antibióticos.

Antes, em agosto de 2010, o humorista precisou ser internado para a retirada de parte do intestino grosso após ser constatado um quadro de hemorragia no aparelho digestivo. Em maio de 2009, outra pneumonia o levou ao hospital.



Rádio e TV

Foi na Rádio Guanabara, ainda nos anos 50, que os seus tipos cômicos começaram a surgir. Até o “talento para imitar vozes”, como o proprio Chico descreveria em seu site, evoluir para a televisão. A estreia aconteceu em 1957, na extinta TV Rio, no programa “Aí vem dona Isaura”. Foi lá que o Professor Raimundo teve sua primeira aparição no vídeo, como o tio da protagonista que vinha do Nordeste — até então o programa só havia sido veiculado pelo rádio.

“Até tinha uma coisa de sentar para criar, mas uns nasceram pela voz, outros pelo tipo, pela personalidade, pela caracterização. Sempre fiz questão de que eles fossem encontrados sem que eu estivesse presente. Que alguém dissesse: "'Na minha terra, tem um Pantaleão. No Rio tem muito Azambuja’”, explicou o humorista ao “Estado de S. Paulo”, em 2009.



Num tempo em que ainda não existiam contratos de exclusividade, Chico pôde fazer participações especiais em programas de outras emissoras e em chanchadas da Atlântida.

O “Chico Anysio Show”, seu primeiro programa de humor, foi lançado no início da década de 60. Foi ao ar pela TV Rio, depois pela Excelsior e em 1982 voltou a ser exibido pela Rede Globo — onde o humorista já trabalhava desde 1969.

Mas foi na Globo que teve seus programas humorísticos de maior sucesso e onde desenvolveu a maioria de seus personagens. Entre as atrações, destaque para “Chico city” (1973-1980), “Chico total” (1981 e 1996) e “Chico Anysio show” (1982-1990) e "Escolinha do professor Raimundo".



Alguns desses personagens quase que se misturam à história da televisão brasileira, como o ator canastrão Alberto Roberto, o pão-duro Gastão Franco, o coronel Pantaleão, o pai-de-santo Véio Zuza, o velhinho ranzinza Popó, o alcoólatra Tavares e sua mulher Biscoito (Zezé Macedo) e o revoltado Jovem.



Com o passar dos anos, novos tipos eram criados e incorporados ao programa: o funcionário da TV Globo Bozó, que tentava impressionar as mulheres por conta de sua condição; o mulherengo e bonachão Nazareno, sempre de olho nas serviçais; o político corrupto Justo Veríssimo; e o pai de santo baiano e preguiçoso Painho são alguns dos mais populares.



Apresentada como quadro em outros programas desde a década de 1980, a “Escolinha do Professor Raimundo” tornou-se uma atração independente em 1990. No ar até 2002, o humorístico lançou toda uma geração de comediantes. Entre os “alunos” revelados pelo “professor Chico” estão Claudia Rodrigues, Tom Cavalcante e Claudia Gimenez.



Chico também atuou em novelas e especiais da Globo, como “Pé na jaca” (2007), “Sinhá Moça” (2006), “Guerra e paz” (2008) e “A diarista” (2004). Chico Anysio também teve um quadro fixo no Fantástico por 17 anos (de 1974 a 1991), e supervisionou a criação no programa “Os Trapalhões” no início dos anos 90.



Cinema

A incursão mais recente de Chico Anysio no cinema foi como dublador. É dele a voz do protagonista da animação “Up - Altas aventuras", animação do estúdio Pixar. Antes disso, o humorista fez uma participação especial no recordista de bilheteria “Se eu fosse você 2” (2008), de Daniel Filho. “Nos créditos finais fiz questão de colocar ‘senhor Francisco Anysio’. Ele é um astro, merece ser tratado com toda reverência”, explicou o diretor em entrevista ao G1 durante o lançamento do longa.



Em 1996, o humorista interpretou o personagem Zé Esteves, pai da personagem-título, em “Tieta”, de Cacá Diegues. O trabalho coincidiu com o aniversário de 25 anos da estréia de Chicono cinema, na pornochanchada "O doce esporte do sexo". Antes havia participado de comédias como "Mulheres à vista" e "Cacareco vem aí".



Em 2011, em sua última aparição pública, recebeu o prêmio especial do Júri do Festival do Rio pelo seu desempenho no longa “A hora e a vez de Augusto Matraga”, do diretor Vinícius Coimbra.

"O filme é importantíssimo, a obra é linda. Vinícius realizou algo quase inacreditável. É um filme que, tenho certeza, Sergio Leone assinaria com alegria", destacou o bem humorado Chico, que fez questão de receber o Troféu Redentor pessoalmente, mesmo de cadeira de rodas.

Literatura e artes plásticas

Além de se dedicar ao humor, Chico também foi artista plástico. Apaixonado pela pintura, retratou paisagens ao redor do mundo a partir de fotografias que tirava dos países que visitava. Realizou exposições de seus quadros em diversas galerias do Brasil e chegou a afirmar que gostaria de ter dedicado mais tempo à atividade.

“Porque teria tido mais tempo para aprender, para melhorar. Teria mais tempo para me tornar conhecido e aceito, para vender meus quadros por um preço melhor. Cheguei a admitir que a pintura seria meu emprego da velhice, mas não vai ser, porque ninguém está comprando nada de obra de arte, e pintar para guardar é terrível”, disse em entrevista à “Folha de S. Paulo”, em 2007. Foi autor de 21 livros, tendo publicado vários best-sellers na década de 70, como "O Batizado da vaca", "O telefone amarelo" e "O enterro do anão". Sua última publicação foi “O canalha”, lançada em 2000.

“É a história do cara que participou de todos os governos, desde Eurico Gaspar Dutra até o primeiro mandato de Fernando Henrique. Foi ele o responsável por todas as canalhices que ocorreram de lá para cá, como dar um revólver de presente a Getúlio Vargas”, explicaria o escritor Chico Anysio em entrevista à revista “Época”, no mesmo ano.

Outra de suas obras de destaque na literatura é o bem humorado manual “Como segurar seu casamento”, também de 2000. Na época, advertiu os leitores: “Não dou conselhos, transmito os erros que cometi e foram cometidos em cinco casamentos. Conviver é a arte de conceder. Essa troca de concessões gera a convivência harmônica”, comentou.




Carreira esportiva

Caçula de oito irmãos, Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho nasceu no dia 12 de abril de 1931, no município de Maranguape, no Ceará. A cidade constantemente era citada de forma saudosa pelo humorista – seu personagem mais popular, o Professor Raymundo, era de lá.

“Maranguape, cidade de que tanto falo, representa uma grande saudade. Foi um pequeno paraíso, o Éden da minha infância durante gloriosos anos. Foi lá que aprendi a ler sozinho”, escreveu o humorista em seu site oficial.



Aos 7 anos mudou-se para o Rio de Janeiro, após a falência da empresa de ônibus da família. Morador do Catete, contrariou a vontade do pai e do irmão mais velho — botafoguenses convictos — e se tornou vascaíno. Sonhava em ser jogador de futebol.



Mas a carreira esportiva logo foi esquecida, quando Chico passou em testes para ser locutor e ator da Rádio Guanabara. Ele ficou em segundo lugar, perdendo apenas para Silvio Santos.

Nos anos 50, também trabalhou nas rádios Mayrink Veiga, Clube de Pernambuco e Clube do Brasil. Foi na primeira que criou o programa que se tornaria um de seus maiores sucessos, "Escolinha do Professor Raymundo", inicialmente composta por três alunos: Afrânio Rodrigues (o que sabia tudo), João Fernandes (o que não sabia nada) e Zé Trindade (o que embromava o professor).



Apesar da tentativa de se tornar um galã de radionovelas, sua veia humorística se destacava desde o início. “A rádio Guanabara descobriu meu jeito para imitar vozes. Neste dia perdi minha chance de ser um Tarcísio Meira”, contou o comediante em seu site. Foi assim que começou a compor os mais de 70 tipos cômicos que marcariam sua carreira.



Casamentos e filhos

O primeiro de seus casamentos foi aos 22 anos, com a atriz Nancy Wanderley. Depois foi a vez de Rose Rondelli. Sobre a união com a cantora e ex-frenética Regina Chaves, dizia mal se lembrar. Já com Alcione Mazzeo, rompeu a relação por conta de um ensaio nu. Mas foi seu matrimônio com a ex-ministra da Economia do governo Collor, Zélia Cardoso de Mello — com quem teve dois filhos — que provocou mais polêmica. "Passou a ser uma pessoa de meu desagrado total. Fui um biombo para ela”, disse Chico à revista “Isto É”, em outubro de 2000.



Antes, porém, teve seis filhos, entre eles os atores Lug de Paula (famoso por interpretar o Seu Boneco, da “Escolinha do Professor Raimundo”), Nizo Neto (o Seu Ptolomeu, do mesmo programa, também dublador) Bruno Mazzeo (ator e roteirista). Chico também era tio do ator Marcos Palmeira, filho do cineasta Zelito Vianna, irmão do humorista; e da atriz Maria Maya, filha de Cininha de Paula, sobrinha do humorista.



Em novembro de 2009 foi agraciado com a Ordem do Mérito Cultural, a mais alta comenda do governo brasileiro na área. Da vida, dizia levar apenas um arrependimento: “Me arrependo enormemente de ter fumado durante 40 anos.”



Do G1


Posted at 03:56 |  by Antonio jads

1 comentários:

quinta-feira, 22 de março de 2012





O governador Ricardo Coutinho recebeu convite da presidenta Dilma Rousseff para integrar a comitiva que a acompanhará em viagem oficial à Índia, onde participará do IV Encontro dos Países do Brics. Na manhã desta quinta-feira (22), Ricardo anunciou que embarca na comitiva presidencial no próximo domingo (25) e retorna no dia 1º de abril. Durante esse período, a Paraíba será governada interinamente pelo vice-governador Rômulo Gouveia.



De acordo com o governador, a participação do Estado da Paraíba no colegiado de líderes mundiais significa a inserção da Paraíba no contexto econômico mundial. “Fico muito grato pelo convite da presidenta em poder participar de reuniões importantes com chefes de Estado, com uma pauta econômica tão extensiva”, ressaltou.



O encontro dos países do Brics (sigla para Brasil, Rússia, Índia, China e, mais recentemente, África do Sul, bloco de países que forma um grande mercado emergente na economia mundial), será em Nova Délhi. Nesse caldeirão de oportunidades, a Paraíba, segundo Ricardo, buscará espaços e inserção. “A ideia é incluir a Paraíba nessa perspectiva de investimentos em médio e longo prazos e buscar, junto com a presidenta Dilma, as condições adequadas para recuperar o atraso histórico e colocar a Paraíba na agenda econômica do país”, salientou.



O governador acrescentou que a Paraíba vive um grande momento, devido à abertura de novas empresas e às ampliações das que aqui já estão, o que representa um investimento privado de mais de R$ 1,4 bilhão. “Independentemente dessa viagem, a Paraíba já tem outra postura. Saímos de um investimento privado de R$ 12 milhões, em 2010, para mais de R$ 1,4 bilhão, este ano. Precisamos aproveitar os bons ventos e potencializar isso”, completou.



Relações Brasil-Índia – Brasil e Índia são países com semelhantes perspectivas em relação ao desenvolvimento econômico e social. A convergência de interesses se evidencia pela cooperação no cenário internacional, na ONU ou em grupos como Ibas, Basic e G-20 (além, claro, do Brics).



A relação entre os dois países oferece vasto potencial para o desenvolvimento do comércio e dos investimentos entre ambos. Nos últimos oito anos, o intercâmbio comercial teve crescimento de 630%, passando de US$ 1,2 bilhão, em 2002, para o patamar de US$ 7,7 bilhões, em 2010. Entre janeiro e outubro de 2011, a corrente de comércio bilateral alcançou a soma de US$ 8,05 bilhões.



Secom PB


Ricardo Coutinho acompanha Dilma em viagem oficial à Índia





O governador Ricardo Coutinho recebeu convite da presidenta Dilma Rousseff para integrar a comitiva que a acompanhará em viagem oficial à Índia, onde participará do IV Encontro dos Países do Brics. Na manhã desta quinta-feira (22), Ricardo anunciou que embarca na comitiva presidencial no próximo domingo (25) e retorna no dia 1º de abril. Durante esse período, a Paraíba será governada interinamente pelo vice-governador Rômulo Gouveia.



De acordo com o governador, a participação do Estado da Paraíba no colegiado de líderes mundiais significa a inserção da Paraíba no contexto econômico mundial. “Fico muito grato pelo convite da presidenta em poder participar de reuniões importantes com chefes de Estado, com uma pauta econômica tão extensiva”, ressaltou.



O encontro dos países do Brics (sigla para Brasil, Rússia, Índia, China e, mais recentemente, África do Sul, bloco de países que forma um grande mercado emergente na economia mundial), será em Nova Délhi. Nesse caldeirão de oportunidades, a Paraíba, segundo Ricardo, buscará espaços e inserção. “A ideia é incluir a Paraíba nessa perspectiva de investimentos em médio e longo prazos e buscar, junto com a presidenta Dilma, as condições adequadas para recuperar o atraso histórico e colocar a Paraíba na agenda econômica do país”, salientou.



O governador acrescentou que a Paraíba vive um grande momento, devido à abertura de novas empresas e às ampliações das que aqui já estão, o que representa um investimento privado de mais de R$ 1,4 bilhão. “Independentemente dessa viagem, a Paraíba já tem outra postura. Saímos de um investimento privado de R$ 12 milhões, em 2010, para mais de R$ 1,4 bilhão, este ano. Precisamos aproveitar os bons ventos e potencializar isso”, completou.



Relações Brasil-Índia – Brasil e Índia são países com semelhantes perspectivas em relação ao desenvolvimento econômico e social. A convergência de interesses se evidencia pela cooperação no cenário internacional, na ONU ou em grupos como Ibas, Basic e G-20 (além, claro, do Brics).



A relação entre os dois países oferece vasto potencial para o desenvolvimento do comércio e dos investimentos entre ambos. Nos últimos oito anos, o intercâmbio comercial teve crescimento de 630%, passando de US$ 1,2 bilhão, em 2002, para o patamar de US$ 7,7 bilhões, em 2010. Entre janeiro e outubro de 2011, a corrente de comércio bilateral alcançou a soma de US$ 8,05 bilhões.



Secom PB


Posted at 15:58 |  by Antonio jads

0 comentários:





O Secretário de Cultura da Paraíba Chico César garantiu que no São João 2012 o Governo do Estado não irá (mais uma vez) apoiar atrações de 'plástico'.

Chico César rasgou o verbo em entrevista nesta quinta-feira (22) ao repórter Emerson Machado/Tv Correio.

Ele revelou que no São João 2012 os municípios que quiserem contratar atrações como as bandas Aviões do Forró e Garota Safada não vão contar com o apoio do Estado.

‘Elas não podem fazer a conta e mandar para o Estado’, afirmou Chico César.

‘Nada contra esses grupos, mas eles já têm o seu espaço. Nós iremos investir na cultura de raíz’, afirma o secretário, que surpreendeu com a declaração de que poderia participar de "dueto" com as bandas de "plástico".

"Subiria ao palco com Aviões do Forró de graça, mas o Estado não pode bancar isso", disse.

Qualidade versus quantidade

O cantor e compositor paraibano se referiu ainda a festa de réveillon em 2009, realizada na Orla da Capital paraibana, quando a Prefeitura contratou o Buena Vista Social Club - tradicional banda de jazz cubana.

O show contou com a "concorrência" dos paraenses Calipso, contratado pelo Estado, então administrado pelo ex-governador José Maranhão.

Uma multidão prestigiou o evento estadual. Mas Chico Cesar disse que não considerou o reveillon municipal um fiasco.

"Trata-se de uma questão de qualidade versus quantidade", comparou.

Além de elitar os eventos públicos, desde que assumiu o cargo de diretor da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Chico César causa polêmica por sempre se posicionar contra a contratação de bandas conhecidas popularmente como ‘forró de plástico’.

Segundo ele, as bandas já possuem reconhecimento do público e por isso deve-se dar oportunidade as demais atrações consideradas ‘tradicionais’.

"Precisamos investir na cultura daqui - precisamos dar oportunidade do povo ver e ouvir a arte local", conclui.




Pollyana Sorrentino

Portal Correio

De novo: São João 2012 não terá forró de plástico; 'Municípios não podem fazer festa e mandar conta para Estado', diz Chico Cesar





O Secretário de Cultura da Paraíba Chico César garantiu que no São João 2012 o Governo do Estado não irá (mais uma vez) apoiar atrações de 'plástico'.

Chico César rasgou o verbo em entrevista nesta quinta-feira (22) ao repórter Emerson Machado/Tv Correio.

Ele revelou que no São João 2012 os municípios que quiserem contratar atrações como as bandas Aviões do Forró e Garota Safada não vão contar com o apoio do Estado.

‘Elas não podem fazer a conta e mandar para o Estado’, afirmou Chico César.

‘Nada contra esses grupos, mas eles já têm o seu espaço. Nós iremos investir na cultura de raíz’, afirma o secretário, que surpreendeu com a declaração de que poderia participar de "dueto" com as bandas de "plástico".

"Subiria ao palco com Aviões do Forró de graça, mas o Estado não pode bancar isso", disse.

Qualidade versus quantidade

O cantor e compositor paraibano se referiu ainda a festa de réveillon em 2009, realizada na Orla da Capital paraibana, quando a Prefeitura contratou o Buena Vista Social Club - tradicional banda de jazz cubana.

O show contou com a "concorrência" dos paraenses Calipso, contratado pelo Estado, então administrado pelo ex-governador José Maranhão.

Uma multidão prestigiou o evento estadual. Mas Chico Cesar disse que não considerou o reveillon municipal um fiasco.

"Trata-se de uma questão de qualidade versus quantidade", comparou.

Além de elitar os eventos públicos, desde que assumiu o cargo de diretor da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Chico César causa polêmica por sempre se posicionar contra a contratação de bandas conhecidas popularmente como ‘forró de plástico’.

Segundo ele, as bandas já possuem reconhecimento do público e por isso deve-se dar oportunidade as demais atrações consideradas ‘tradicionais’.

"Precisamos investir na cultura daqui - precisamos dar oportunidade do povo ver e ouvir a arte local", conclui.




Pollyana Sorrentino

Portal Correio

Posted at 15:44 |  by Antonio jads

0 comentários:





Os consumidores não precisarão mais procurar o banco que emitiu o boleto para pagar contas em atraso. Já está em implementação um sistema que permitirá a quitação em qualquer agência.



O programa foi batizado de DDA (Débito Direto Autorizado) Contas Vencidas e começou a funcionar no último dia 19. Para usar o serviço, o cliente precisa se cadastrar nas instituições na qual tem conta. Somente para os clientes cadastrados no DDA será possível pagar um boleto vencido no banco da escolha do cliente, que esteja participando do sistema, e de forma eletrônica, sem ser necessário se dirigir à instituição emitente da cobrança.



Após o cadastramento do cliente, o banco passa a encaminhar os boletos eletronicamente, informando por meio de -mail ou mensagem no celular. Mas o débito autorizado não significa que o débito é automático.



O consumidor deverá verificar através dos canais disponibilizados pelo banco quais são os boletos que foram emitidos em seu nome, autorizar o débito em sua conta ou agendar para a data de vencimento. No caso de boletos vencidos, na hora em que for efetuar o pagamento, os valores são corrigidos automaticamente. O consumidor não necessita imprimir o documento e se dirigir ao banco emissor do mesmo.



Extra  

Conta vencida poder ser paga em qualquer banco





Os consumidores não precisarão mais procurar o banco que emitiu o boleto para pagar contas em atraso. Já está em implementação um sistema que permitirá a quitação em qualquer agência.



O programa foi batizado de DDA (Débito Direto Autorizado) Contas Vencidas e começou a funcionar no último dia 19. Para usar o serviço, o cliente precisa se cadastrar nas instituições na qual tem conta. Somente para os clientes cadastrados no DDA será possível pagar um boleto vencido no banco da escolha do cliente, que esteja participando do sistema, e de forma eletrônica, sem ser necessário se dirigir à instituição emitente da cobrança.



Após o cadastramento do cliente, o banco passa a encaminhar os boletos eletronicamente, informando por meio de -mail ou mensagem no celular. Mas o débito autorizado não significa que o débito é automático.



O consumidor deverá verificar através dos canais disponibilizados pelo banco quais são os boletos que foram emitidos em seu nome, autorizar o débito em sua conta ou agendar para a data de vencimento. No caso de boletos vencidos, na hora em que for efetuar o pagamento, os valores são corrigidos automaticamente. O consumidor não necessita imprimir o documento e se dirigir ao banco emissor do mesmo.



Extra  

Posted at 15:36 |  by Antonio jads

0 comentários:

quarta-feira, 21 de março de 2012





O Galo foi valente, mas acabou perdendo a vaga na segunda fase da Copa do Brasil, para o Botafogo, nos pênaltis. O tempo normal da partida, realizada na noite desta quarta-feira (22), no Engenhão, terminou 1 a 1.



O Galo da Borborema abriu o marcador logo no início do primeiro tempo, através do volante Amaral Rosa, que chutou forte de fora da área e a bola desviou no defensor botafoguense, entrando caprichosamente no gol defendido por Jéferson. O gol de empate do time carioca aconteceu ainda na etapa inicial. Loco Abreu aproveitou uma bola alçada na área, depois da cobrança de uma falta, e marcou de cabeça.



No segundo tempo, o jogo continuou equilibrado, com os dois times tendo chances de fazer o segundo gol. O juiz do jogo expulsou Carlos Alberto, do Treze, aos 32 minutos do segundo tempo. Mesmo com um homem a menos, o Alvinegro da Paraíba continuou lutando para chegar ao segundo gol, mas a partida terminou com o mesmo resultado de João Pessoa, na semana passada: 1 a 1.



Nas cobranças de pênaltis, o Botafogo acabou sendo mais competente e assegurou a vaga na segunda fase da competição nacional.



Com a eliminação precoce na Copa do Brasil, o Galo volta todas as atenções para o Campeonato Paraibano. O principal objetivo neste primeiro semestre é a conquista do tricampeonato estadual.



TREZE: Beto; Celso, Anderson, Saulo, Adalberto; Amaral Rosa, (Neto Maranhão), Carlos Alberto, Rone Dias, Doda; Vavá (Thiago Cunha) e Márcio Carioca (Léo Rocha). Técnico: Marcelo Vilar.



Fonte: TrezeFC.com

Treze é desclassificado nos pênaltis





O Galo foi valente, mas acabou perdendo a vaga na segunda fase da Copa do Brasil, para o Botafogo, nos pênaltis. O tempo normal da partida, realizada na noite desta quarta-feira (22), no Engenhão, terminou 1 a 1.



O Galo da Borborema abriu o marcador logo no início do primeiro tempo, através do volante Amaral Rosa, que chutou forte de fora da área e a bola desviou no defensor botafoguense, entrando caprichosamente no gol defendido por Jéferson. O gol de empate do time carioca aconteceu ainda na etapa inicial. Loco Abreu aproveitou uma bola alçada na área, depois da cobrança de uma falta, e marcou de cabeça.



No segundo tempo, o jogo continuou equilibrado, com os dois times tendo chances de fazer o segundo gol. O juiz do jogo expulsou Carlos Alberto, do Treze, aos 32 minutos do segundo tempo. Mesmo com um homem a menos, o Alvinegro da Paraíba continuou lutando para chegar ao segundo gol, mas a partida terminou com o mesmo resultado de João Pessoa, na semana passada: 1 a 1.



Nas cobranças de pênaltis, o Botafogo acabou sendo mais competente e assegurou a vaga na segunda fase da competição nacional.



Com a eliminação precoce na Copa do Brasil, o Galo volta todas as atenções para o Campeonato Paraibano. O principal objetivo neste primeiro semestre é a conquista do tricampeonato estadual.



TREZE: Beto; Celso, Anderson, Saulo, Adalberto; Amaral Rosa, (Neto Maranhão), Carlos Alberto, Rone Dias, Doda; Vavá (Thiago Cunha) e Márcio Carioca (Léo Rocha). Técnico: Marcelo Vilar.



Fonte: TrezeFC.com

Posted at 20:54 |  by Antonio jads

0 comentários:

Você já viu pérolas do orkut, pérolas do Yahoo resposta mas nunca viu as pérolas da política. Confira e morra de rir com os caras mais irônicos da democracia. 












































HUMOR: Pérolas da política.

Você já viu pérolas do orkut, pérolas do Yahoo resposta mas nunca viu as pérolas da política. Confira e morra de rir com os caras mais irônicos da democracia. 












































Posted at 15:02 |  by Antonio jads

1 comentários:

Ovo é feito de chocolate trufado e tem em seu recheio a cerveja Skol







Para não ficar de fora da celebração da Páscoa, e ainda faturar com a data, a Skol lançou nesta terça-feira um ovo feito com cerveja, desenvolvido em parceria com a chocolateria Folie. O ovo da Skol será vendido em um kit que contém 6 unidades dentro de um mini-engradado personalizado, e que custa R$ 70.



Chamado de "Redondinho", ele é feito de chocolate trufado e tem em seu recheio a cerveja Skol. O resultado, segundo a empresa, é uma combinação de chocolate com leve gostinho de cerveja. Na página da marca no Facebook, fãs ainda poderão receber o kit em casa, participando das ações da Skol.



Terra



Skol lança ovo de Páscoa com cerveja

Ovo é feito de chocolate trufado e tem em seu recheio a cerveja Skol







Para não ficar de fora da celebração da Páscoa, e ainda faturar com a data, a Skol lançou nesta terça-feira um ovo feito com cerveja, desenvolvido em parceria com a chocolateria Folie. O ovo da Skol será vendido em um kit que contém 6 unidades dentro de um mini-engradado personalizado, e que custa R$ 70.



Chamado de "Redondinho", ele é feito de chocolate trufado e tem em seu recheio a cerveja Skol. O resultado, segundo a empresa, é uma combinação de chocolate com leve gostinho de cerveja. Na página da marca no Facebook, fãs ainda poderão receber o kit em casa, participando das ações da Skol.



Terra



Posted at 12:46 |  by Antonio jads

0 comentários:





O Governo do Estado, por meio da Coordenação da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado da Saúde (SES), passou a integrar a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FN-SUS) no grupo de trabalho que tem à frente a Coordenação Geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde.



O coordenador estadual da Rede de Urgência e Emergência e membro do grupo de trabalho da Força Nacional, Walber Frazão Júnior, explicou que a FN-SUS é um programa de cooperação voltado à execução de medidas de prevenção, assistência e repressão a situações epidemiológicas, de desastres ou de desassistência à população.



Ele adiantou que o município ou Estado que informar uma destas situações deverá encaminhar ofício ao Ministério da Saúde, para que seja analisado juntamente com o Ministério da Integração Nacional e emitir, caso necessário, a Declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional – declaração de Espin.



Frazão informou que poderão aderir voluntariamente à FN-SUS os entes federados interessados, por meio do sistema de informatização do Ministério da Saúde. Segundo ele, a SES vai criar, a partir do mês de maio, um sistema semelhante para cadastrar voluntário da Rede de Urgência e Emergência para compor a Força Estadual do SUS, que poderá dar suporte a FN-SUS.



Terão prioridades os profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Hospitais de Alta Complexidade e do Corpo de Bombeiros, que poderão fazer sua inscrição na Coordenação da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria de Saúde do Estado.



A Força Nacional do SUS foi criada a partir do decreto presidencial nº 7.616, de 17/11/2011, que dispõe sobre a declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, e regulamentada pela portaria Ministerial nº de 14/11/2011.



SecomPB 

Governo do Estado passa a integrar Força Nacional do SUS





O Governo do Estado, por meio da Coordenação da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado da Saúde (SES), passou a integrar a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FN-SUS) no grupo de trabalho que tem à frente a Coordenação Geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde.



O coordenador estadual da Rede de Urgência e Emergência e membro do grupo de trabalho da Força Nacional, Walber Frazão Júnior, explicou que a FN-SUS é um programa de cooperação voltado à execução de medidas de prevenção, assistência e repressão a situações epidemiológicas, de desastres ou de desassistência à população.



Ele adiantou que o município ou Estado que informar uma destas situações deverá encaminhar ofício ao Ministério da Saúde, para que seja analisado juntamente com o Ministério da Integração Nacional e emitir, caso necessário, a Declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional – declaração de Espin.



Frazão informou que poderão aderir voluntariamente à FN-SUS os entes federados interessados, por meio do sistema de informatização do Ministério da Saúde. Segundo ele, a SES vai criar, a partir do mês de maio, um sistema semelhante para cadastrar voluntário da Rede de Urgência e Emergência para compor a Força Estadual do SUS, que poderá dar suporte a FN-SUS.



Terão prioridades os profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Hospitais de Alta Complexidade e do Corpo de Bombeiros, que poderão fazer sua inscrição na Coordenação da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria de Saúde do Estado.



A Força Nacional do SUS foi criada a partir do decreto presidencial nº 7.616, de 17/11/2011, que dispõe sobre a declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, e regulamentada pela portaria Ministerial nº de 14/11/2011.



SecomPB 

Posted at 10:20 |  by Antonio jads

0 comentários:

terça-feira, 20 de março de 2012




CD Aílton Sensação


O paraibano de Mogeiro, Aílton, conquistou os Alemães após jogar futebol por muitos anos no País. Ele foi para o Werder Bremen em 1998, time pelo qual em 2004 conquistou o Campeonato Alemão e ao mesmo tempo foi artilheiro do campeonato, com 28 gols marcados. Foi o primeiro estrangeiro escolhido com o jogador do ano na Alemanha. Ele também vestiu as camisas do Schalke, do Hamburgo e do Duisburg.







site oficial


Em janeiro deste ano Aílton participou de um reality show chamado "Dschungelcamp" (Acampamento na selva), um reality na qual os candidatos precisam superar provas desafiadoras e que exigem grande resistência física em plena floresta australiana para receberem a coroa de "rei da selva". Infelizmente Aílton não conseguiu ganhar o reality mas deixou muita gente orgulhosa principalmente os Mogeirenses.





Nesse mesmo ano Aílton resolve dar uma de cantor e lança CD com música intitulada "Aílton sensation" (Aílton Sensação), no vídeo abaixo você pode conferir o vídeo clipe da música, e ainda lança um site oficial em Alemão chamado "AILTONS WELT" (Aíltons Mundo), onde nele é possível o internauta acessar e conhecer muita coisa sobre ele como: carreira, vídeos do jogador em participações em alguns programas, provérbios (frases típicas do jogador Aílton) e notícias. E ainda no próprio site tem uma loja virtual onde você pode adquirir produtos do jogador Aílton como: Camisetas personalizadas, energéticos, cartões e até mesmo o CD com sua música "Aílton sensation". Para acessar o site clique aqui.


Antonio Jads (Mogeiro em Foco)




Confira o Vídeo Clipe da Música "Aílton sensation"



















Aílton grava CD com música intitulada "Aílton sensation" (Aílton Sensação) e lança site oficial em Alemão




CD Aílton Sensação


O paraibano de Mogeiro, Aílton, conquistou os Alemães após jogar futebol por muitos anos no País. Ele foi para o Werder Bremen em 1998, time pelo qual em 2004 conquistou o Campeonato Alemão e ao mesmo tempo foi artilheiro do campeonato, com 28 gols marcados. Foi o primeiro estrangeiro escolhido com o jogador do ano na Alemanha. Ele também vestiu as camisas do Schalke, do Hamburgo e do Duisburg.







site oficial


Em janeiro deste ano Aílton participou de um reality show chamado "Dschungelcamp" (Acampamento na selva), um reality na qual os candidatos precisam superar provas desafiadoras e que exigem grande resistência física em plena floresta australiana para receberem a coroa de "rei da selva". Infelizmente Aílton não conseguiu ganhar o reality mas deixou muita gente orgulhosa principalmente os Mogeirenses.





Nesse mesmo ano Aílton resolve dar uma de cantor e lança CD com música intitulada "Aílton sensation" (Aílton Sensação), no vídeo abaixo você pode conferir o vídeo clipe da música, e ainda lança um site oficial em Alemão chamado "AILTONS WELT" (Aíltons Mundo), onde nele é possível o internauta acessar e conhecer muita coisa sobre ele como: carreira, vídeos do jogador em participações em alguns programas, provérbios (frases típicas do jogador Aílton) e notícias. E ainda no próprio site tem uma loja virtual onde você pode adquirir produtos do jogador Aílton como: Camisetas personalizadas, energéticos, cartões e até mesmo o CD com sua música "Aílton sensation". Para acessar o site clique aqui.


Antonio Jads (Mogeiro em Foco)




Confira o Vídeo Clipe da Música "Aílton sensation"



















Posted at 19:21 |  by Antonio jads

2 comentários:

segunda-feira, 19 de março de 2012

São mais de 41 cidades paraibanas contempladas com os cursos







O Senac Paraíba, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), oferece 12 cursos gratuitos para alunos do Ensino Médio de escolas públicas de todo o estado. As inscrições estão abertas a partir desta segunda-feira (19).  Ao todo, são ofertadas mais de 2300 vagas distribuídas em 41 cidades paraibanas.



As inscrições são realizadas na Escola Senac Instituto Dom Ulrico (em João Pessoa), nas unidades do Senac em Campina Grande e Cajazeiras, além das escolas públicas onde acontecerão os cursos nas demais cidades. Os interessados devem procurar estes locais munidos da cópia da identidade, CPF, comprovante de residência e do boletim escolar.



As aulas terão início no dia 16 de abril e acontecerão nos três turnos. Os cursos oferecidos são: Cabeleireiro Assistente; Manicure e Pedicure; Auxiliar Administrativo; Auxiliar de Pessoal; Auxiliar de Crédito e Cobrança; Vendedor; Operador de Supermercado; Operador de Computador; Operador de Caixa; Recepcionista; Recepcionista de Eventos e Representante Comercial.



Além da capital, Campina e Cajazeiras, a equipe do Senac Móvel irá atuar nas seguintes cidades: Aparecida, Araruna, Bananeiras, Bayuex, Caaporã, Caatingueira, Cabedelo, Conde, Cuité, Dona Inês, Gurinhém, Itapororoca, Juarez Távora, Lagoa de Dentro, Lucena, Malta, Mamanguape, Mogeiro, Monteiro, Nova Floresta, Olho d’água, Patos, Pedras de Fogo, Picuí, Pilar, Pirpirituba, Pitimbú, Riacho dos Cavalos, Santa Luzia, Santa Rita, São José dos Ramos, Sapé, Serra da Raiz, Serraria, Sertãozinho, Sobrado, Solânea e Sousa.



O Pronatec é um projeto do Governo Federal que pretende expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica para os brasileiros. O Senac Paraíba atua como parceiro, preparando para o mercado de trabalho através da formação para as atividades do comércio de bens, serviços e turismo.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato através dos telefones (83) 3021-4628 e (83) 8107-1553 ou acessar o site www.pb.senac.br.




Mogeiro está entre as 41 cidades Paraíbanas contempladas com os cursos gratuito do Senac Paraíba

São mais de 41 cidades paraibanas contempladas com os cursos







O Senac Paraíba, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), oferece 12 cursos gratuitos para alunos do Ensino Médio de escolas públicas de todo o estado. As inscrições estão abertas a partir desta segunda-feira (19).  Ao todo, são ofertadas mais de 2300 vagas distribuídas em 41 cidades paraibanas.



As inscrições são realizadas na Escola Senac Instituto Dom Ulrico (em João Pessoa), nas unidades do Senac em Campina Grande e Cajazeiras, além das escolas públicas onde acontecerão os cursos nas demais cidades. Os interessados devem procurar estes locais munidos da cópia da identidade, CPF, comprovante de residência e do boletim escolar.



As aulas terão início no dia 16 de abril e acontecerão nos três turnos. Os cursos oferecidos são: Cabeleireiro Assistente; Manicure e Pedicure; Auxiliar Administrativo; Auxiliar de Pessoal; Auxiliar de Crédito e Cobrança; Vendedor; Operador de Supermercado; Operador de Computador; Operador de Caixa; Recepcionista; Recepcionista de Eventos e Representante Comercial.



Além da capital, Campina e Cajazeiras, a equipe do Senac Móvel irá atuar nas seguintes cidades: Aparecida, Araruna, Bananeiras, Bayuex, Caaporã, Caatingueira, Cabedelo, Conde, Cuité, Dona Inês, Gurinhém, Itapororoca, Juarez Távora, Lagoa de Dentro, Lucena, Malta, Mamanguape, Mogeiro, Monteiro, Nova Floresta, Olho d’água, Patos, Pedras de Fogo, Picuí, Pilar, Pirpirituba, Pitimbú, Riacho dos Cavalos, Santa Luzia, Santa Rita, São José dos Ramos, Sapé, Serra da Raiz, Serraria, Sertãozinho, Sobrado, Solânea e Sousa.



O Pronatec é um projeto do Governo Federal que pretende expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica para os brasileiros. O Senac Paraíba atua como parceiro, preparando para o mercado de trabalho através da formação para as atividades do comércio de bens, serviços e turismo.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato através dos telefones (83) 3021-4628 e (83) 8107-1553 ou acessar o site www.pb.senac.br.




Posted at 17:52 |  by Antonio jads

0 comentários:

domingo, 18 de março de 2012








Vítima fatal que vinha na moto

Confusão, morte e muito choro, foi o acidente com duas vitimas fatais que aconteceu na tarde de hoje  próximo as Itacoatiaras de Ingá.

Um Palio dirigido por um cidadão, chocou-se contra uma moto vitimando duas pessoas. Uma delas é um rapaz conhecido como Preto que trabalhava com Glauco e é sobrinho do GOGA vinha na moto e teve morte imediata, o outro, caronista do carro, até agora de identidade desconhecida também morreu no local. Outra vitima que se encontra internado em Campina Grande é Jaquelino, filho de Antonio das Redes  Segundo presentes, a demora no atendimento foi significativa, quase 50 minutos. Alguns curiosos desrespeitaram os policiais o que culminou com prisão do SR Ailzio da Luz por desacato. Quase que ao mesmo tempo, uma moto caía da ponte que liga Ingá/BR provocando escoriações no condutor e um Voyage tombava na curva da Grota Funda provocando só danos materiais, Graças a Deus




Informações do Blog do Vavá da Luz

Grave acidente com mortes na PBT 408 nas imediações das itaquatiaras de Ingá








Vítima fatal que vinha na moto

Confusão, morte e muito choro, foi o acidente com duas vitimas fatais que aconteceu na tarde de hoje  próximo as Itacoatiaras de Ingá.

Um Palio dirigido por um cidadão, chocou-se contra uma moto vitimando duas pessoas. Uma delas é um rapaz conhecido como Preto que trabalhava com Glauco e é sobrinho do GOGA vinha na moto e teve morte imediata, o outro, caronista do carro, até agora de identidade desconhecida também morreu no local. Outra vitima que se encontra internado em Campina Grande é Jaquelino, filho de Antonio das Redes  Segundo presentes, a demora no atendimento foi significativa, quase 50 minutos. Alguns curiosos desrespeitaram os policiais o que culminou com prisão do SR Ailzio da Luz por desacato. Quase que ao mesmo tempo, uma moto caía da ponte que liga Ingá/BR provocando escoriações no condutor e um Voyage tombava na curva da Grota Funda provocando só danos materiais, Graças a Deus




Informações do Blog do Vavá da Luz

Posted at 19:43 |  by Antonio jads

0 comentários:







Cisternas de plástico apresentam deformações supostamente por conta do forte calor

Depois de não alcançar a meta de construir um milhão de cisternas no semiárido nordestino entre 2003 e 2008, o governo federal está adotando um novo modelo de reservatório, feito de polietileno, para tentar acelerar uma das principais políticas de combate aos efeitos da seca na região.



As 300 mil cisternas de plástico --como ficaram conhecidas no Nordeste-- custam mais que o dobro daquelas construídas com placas de cimento. A escolha virou alvo de reclamações e protestos, que aumentaram este mês, quando as novas cisternas tiveram que ser substituídas depois de apresentarem deformações, em menos de três meses de uso.



Para o governo federal, a tecnologia é segura e será uma solução mais rápida para completar a conta de um milhão de cisternas até 2014, quando se encerra o mandato da presidente Dilma Rousseff. Ao todo, nesses três anos, serão construídas também 450 mil cisternas de placa de cimento.



Números oficiais apontam que cada cisterna de polietileno tem custo total (equipamento e instalação) de R$ 5.090, ou seja, mais que o dobro da cisterna de placas de cimento –que, segundo a ASA (Articulação do Semiárido), sai por aproximadamente R$ 2.200. Levando em conta os dados apresentados, enquanto as 300 mil cisternas de polietileno vão custar R$ 1,5 bilhão aos cofres públicos, se a tecnologia utilizada fosse a de placas, esse valor seria de R$ 660 milhões.



O sonho de garantir o armazenamento de água para consumo aos nordestinos durante as estiagens é antigo e ganhou força em 2003, quando a ASA (que congrega 750 organizações civis da região) lançou o projeto “Um Milhão de Cisternas para o Semiárido”. A ideia teve e financiamento do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social), e a meta deveria ser cumprida em cinco anos. Mas, passados nove anos do lançamento, apenas 40% do total foi alcançado até 2011 –contando apenas as cisternas feitas em placas de cimento.



Nos oito anos do governo Luiz Inácio Lula da Silva foram construídas 325.960 cisternas – média de 40 mil por ano. Em 2011, primeiro ano da gestão Dilma, essa média cresceu significativamente e o total de equipamentos entregues chegou 83.248. A estimativa oficial é que, considerando outras iniciativas públicas e privadas, tenham sido construídas até hoje 482 mil cisternas no Nordeste.



Para acelerar ainda mais e chegar à meta estipulada em 2003, o governo Dilma Rousseff garantiu que vai construir 750 mil cisternas --número que o governo considera suficiente para universalizar o armazenamento de água no Nordeste.



Com da experiência frustrada do projeto inicial, o governo resolveu adotar novas táticas e tecnologias. Para isso, lançou no ano passado o programa "Água para Todos", coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MDS). A ação acabou com a quase exclusividade da ASA na construção das cisternas, tirando também a gestão do assunto do MDS. Agora, Estados e municípios são os principais parceiros, indicando as necessidades das regiões e recebendo diretamente os recursos para a implantação.



Deformações

O problema são as cisternas de polietileno já entregues às famílias. Algumas delas apresentaram problemas menos de três meses após montadas. O caso ocorreu no município de Cedro, no sertão do Ceará, onde duas cisternas deformaram, supostamente por conta do forte calor da região. Fotos divulgadas pela ASA foram suficientes para uma série de protestos, inclusive nas redes sociais.



Em nota, a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), responsável pela instalação e manutenção das cisternas, informou que a responsável pela fabricação foi notificada e já teria entregado duas novas cisternas. “Ressalta-se que o Ministério da Integração Nacional adota rigorosos procedimentos de controle de qualidade durante a fabricação e a entrega das cisternas.” Ainda segundo a Codesvasf, o tempo de vida útil da cisterna é de no mínimo 20 anos.



O argumento é rebatido por especialistas. "Essas cisternas têm um ciclo pequeno. Daqui a um tempo, vai ser um monte de lixo plástico espalhado pelo Nordeste. Além disso, estive falando com famílias, e elas questionam, porque não têm como entrar e lavar, o manuseio é diferente. Na cisterna de placa, a própria família pode consertar. São cisternas para 30 anos, mas essas com três meses estão deformando. Eles repuseram, mas vão repor até quando?", alegou o técnico do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada, em Juazeiro (BA), José Carlos dos Santos Neri.




Cisterna de engenharia comum, que usa placas de cimento e é defendida pelos nordestinos

Segundo o coordenador da ASA, Naidson Batista, a ideia de implantar cisternas de polietileno tira do nordestino o direito de participar no processo de construção. “Elas não se inserem na dimensão de uma política de convivência com o semiárido. Primeiro porque ela não respeita a realidade local, pois adota tecnologias que a população não domina. Uma cisterna de plástico vem de São Paulo e é implementada sem nenhuma participação da comunidade, que assiste apenas. Se ela apresentar algum problema, a comunidade não sabe lidar. Ou seja, ela movimenta a economia paulista, não a economia local”, disse.



“Além disso, com essa postura, o governo não assume a realidade da comunidade, não emprega os pedreiros. É, na verdade, uma reedição da política de combate à seca adotada por décadas, quando se trazia pacotes prontos, tirando a capacidade do semiárido de gerir seus problemas. Isso aconteceu durante anos e gerou a miséria”, afirmou.



Esta semana, em Crateús (CE), produtores rurais foram às ruas pedir o fim da instalação das cisternas de polietileno. Em Petrolina --berço político do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, chefe maior do projeto de cisternas de polietileno-- um grande protesto reuniu, em dezembro de 2011, mais de 10 mil pessoas, que também pediram o fim da compra de cisternas de plástico.



"A gente já teve aqui algumas cisternas de plástico, e elas não funcionaram. Elas não seguravam a água. Nesse novo modelo, a empresa vem, fura um buraco e joga a cisterna dentro. E a gente quer algo que gere alguma renda, contrate os pedreiros aqui no Estado. Dia 23 vamos com três ônibus, só aqui da região, para Fortaleza, para pressionar por essa mudança", disse o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Crateús, Antônio Ximenes.



Agilidade

Segundo nota enviada ao UOL pelo Ministério da Integração Nacional, a ideia de inserir as cisternas de polietileno foi tomada “para ganhar agilidade na implementação do programa Água Para Todos e, com isso, universalizar o acesso à água de consumo e produção no semiárido até 2014.”



O ministério disse que o governo fará 450 mil cisternas de placa, com a utilização de pedreiros locais. O órgão negou que as cisternas de polietileno sejam feitas sem a participação dos nordestinos.



“A fabricação das cisternas de polietileno está sendo feita no próprio semiárido, com a instalação de cinco fábricas, que utilizam mão de obra local e, com isso, movimentam bastante a economia dessas regiões. As cisternas possuem garantia de fábrica e, caso apresentem algum defeito de fabricação, serão trocadas imediatamente. Além disso, é grande o envolvimento da comunidade local a partir da criação dos comitês gestores municipais. Estes possuem grande participação da sociedade civil local e são responsáveis pela gestão do programa no âmbito do município", disse o ministério.



Responsável pela instalação das cisternas, a Codevasf argumentou ainda que a tecnologia das cisternas já se mostrou aplicável em várias situações. "Outro fator importante a ser ressaltado deve-se ao fato da rapidez de execução, proporcionando um benefício mais rápido às famílias carentes e sem acesso à água. A vida útil dessas unidades é de no mínimo 20 anos, o que representa um custo/benefício bem significativo."




Cisternas de plástico apresentaram deformações no semiárido e estão tendo de ser repostas
UOL


Mais caras, cisternas de plástico doadas pelo governo deformam no semiárido e são alvo de críticas







Cisternas de plástico apresentam deformações supostamente por conta do forte calor

Depois de não alcançar a meta de construir um milhão de cisternas no semiárido nordestino entre 2003 e 2008, o governo federal está adotando um novo modelo de reservatório, feito de polietileno, para tentar acelerar uma das principais políticas de combate aos efeitos da seca na região.



As 300 mil cisternas de plástico --como ficaram conhecidas no Nordeste-- custam mais que o dobro daquelas construídas com placas de cimento. A escolha virou alvo de reclamações e protestos, que aumentaram este mês, quando as novas cisternas tiveram que ser substituídas depois de apresentarem deformações, em menos de três meses de uso.



Para o governo federal, a tecnologia é segura e será uma solução mais rápida para completar a conta de um milhão de cisternas até 2014, quando se encerra o mandato da presidente Dilma Rousseff. Ao todo, nesses três anos, serão construídas também 450 mil cisternas de placa de cimento.



Números oficiais apontam que cada cisterna de polietileno tem custo total (equipamento e instalação) de R$ 5.090, ou seja, mais que o dobro da cisterna de placas de cimento –que, segundo a ASA (Articulação do Semiárido), sai por aproximadamente R$ 2.200. Levando em conta os dados apresentados, enquanto as 300 mil cisternas de polietileno vão custar R$ 1,5 bilhão aos cofres públicos, se a tecnologia utilizada fosse a de placas, esse valor seria de R$ 660 milhões.



O sonho de garantir o armazenamento de água para consumo aos nordestinos durante as estiagens é antigo e ganhou força em 2003, quando a ASA (que congrega 750 organizações civis da região) lançou o projeto “Um Milhão de Cisternas para o Semiárido”. A ideia teve e financiamento do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social), e a meta deveria ser cumprida em cinco anos. Mas, passados nove anos do lançamento, apenas 40% do total foi alcançado até 2011 –contando apenas as cisternas feitas em placas de cimento.



Nos oito anos do governo Luiz Inácio Lula da Silva foram construídas 325.960 cisternas – média de 40 mil por ano. Em 2011, primeiro ano da gestão Dilma, essa média cresceu significativamente e o total de equipamentos entregues chegou 83.248. A estimativa oficial é que, considerando outras iniciativas públicas e privadas, tenham sido construídas até hoje 482 mil cisternas no Nordeste.



Para acelerar ainda mais e chegar à meta estipulada em 2003, o governo Dilma Rousseff garantiu que vai construir 750 mil cisternas --número que o governo considera suficiente para universalizar o armazenamento de água no Nordeste.



Com da experiência frustrada do projeto inicial, o governo resolveu adotar novas táticas e tecnologias. Para isso, lançou no ano passado o programa "Água para Todos", coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MDS). A ação acabou com a quase exclusividade da ASA na construção das cisternas, tirando também a gestão do assunto do MDS. Agora, Estados e municípios são os principais parceiros, indicando as necessidades das regiões e recebendo diretamente os recursos para a implantação.



Deformações

O problema são as cisternas de polietileno já entregues às famílias. Algumas delas apresentaram problemas menos de três meses após montadas. O caso ocorreu no município de Cedro, no sertão do Ceará, onde duas cisternas deformaram, supostamente por conta do forte calor da região. Fotos divulgadas pela ASA foram suficientes para uma série de protestos, inclusive nas redes sociais.



Em nota, a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), responsável pela instalação e manutenção das cisternas, informou que a responsável pela fabricação foi notificada e já teria entregado duas novas cisternas. “Ressalta-se que o Ministério da Integração Nacional adota rigorosos procedimentos de controle de qualidade durante a fabricação e a entrega das cisternas.” Ainda segundo a Codesvasf, o tempo de vida útil da cisterna é de no mínimo 20 anos.



O argumento é rebatido por especialistas. "Essas cisternas têm um ciclo pequeno. Daqui a um tempo, vai ser um monte de lixo plástico espalhado pelo Nordeste. Além disso, estive falando com famílias, e elas questionam, porque não têm como entrar e lavar, o manuseio é diferente. Na cisterna de placa, a própria família pode consertar. São cisternas para 30 anos, mas essas com três meses estão deformando. Eles repuseram, mas vão repor até quando?", alegou o técnico do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada, em Juazeiro (BA), José Carlos dos Santos Neri.




Cisterna de engenharia comum, que usa placas de cimento e é defendida pelos nordestinos

Segundo o coordenador da ASA, Naidson Batista, a ideia de implantar cisternas de polietileno tira do nordestino o direito de participar no processo de construção. “Elas não se inserem na dimensão de uma política de convivência com o semiárido. Primeiro porque ela não respeita a realidade local, pois adota tecnologias que a população não domina. Uma cisterna de plástico vem de São Paulo e é implementada sem nenhuma participação da comunidade, que assiste apenas. Se ela apresentar algum problema, a comunidade não sabe lidar. Ou seja, ela movimenta a economia paulista, não a economia local”, disse.



“Além disso, com essa postura, o governo não assume a realidade da comunidade, não emprega os pedreiros. É, na verdade, uma reedição da política de combate à seca adotada por décadas, quando se trazia pacotes prontos, tirando a capacidade do semiárido de gerir seus problemas. Isso aconteceu durante anos e gerou a miséria”, afirmou.



Esta semana, em Crateús (CE), produtores rurais foram às ruas pedir o fim da instalação das cisternas de polietileno. Em Petrolina --berço político do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, chefe maior do projeto de cisternas de polietileno-- um grande protesto reuniu, em dezembro de 2011, mais de 10 mil pessoas, que também pediram o fim da compra de cisternas de plástico.



"A gente já teve aqui algumas cisternas de plástico, e elas não funcionaram. Elas não seguravam a água. Nesse novo modelo, a empresa vem, fura um buraco e joga a cisterna dentro. E a gente quer algo que gere alguma renda, contrate os pedreiros aqui no Estado. Dia 23 vamos com três ônibus, só aqui da região, para Fortaleza, para pressionar por essa mudança", disse o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Crateús, Antônio Ximenes.



Agilidade

Segundo nota enviada ao UOL pelo Ministério da Integração Nacional, a ideia de inserir as cisternas de polietileno foi tomada “para ganhar agilidade na implementação do programa Água Para Todos e, com isso, universalizar o acesso à água de consumo e produção no semiárido até 2014.”



O ministério disse que o governo fará 450 mil cisternas de placa, com a utilização de pedreiros locais. O órgão negou que as cisternas de polietileno sejam feitas sem a participação dos nordestinos.



“A fabricação das cisternas de polietileno está sendo feita no próprio semiárido, com a instalação de cinco fábricas, que utilizam mão de obra local e, com isso, movimentam bastante a economia dessas regiões. As cisternas possuem garantia de fábrica e, caso apresentem algum defeito de fabricação, serão trocadas imediatamente. Além disso, é grande o envolvimento da comunidade local a partir da criação dos comitês gestores municipais. Estes possuem grande participação da sociedade civil local e são responsáveis pela gestão do programa no âmbito do município", disse o ministério.



Responsável pela instalação das cisternas, a Codevasf argumentou ainda que a tecnologia das cisternas já se mostrou aplicável em várias situações. "Outro fator importante a ser ressaltado deve-se ao fato da rapidez de execução, proporcionando um benefício mais rápido às famílias carentes e sem acesso à água. A vida útil dessas unidades é de no mínimo 20 anos, o que representa um custo/benefício bem significativo."




Cisternas de plástico apresentaram deformações no semiárido e estão tendo de ser repostas
UOL


Posted at 06:07 |  by Antonio jads

0 comentários:



Hoje faz exatamente um ano e dois meses que o humorista Shaolin sofreu um acidente automobilístico, em Campina Grande, que o deixou em coma. Segundo as últimas informações postadas no Twitter da sua esposa, Laudicéia Veloso, ele vem tendo melhoras significativas e está respondendo positivamente ao tratamento intensivo que vem tenho em sua residência, onde foi montada toda uma estrutura médica para acompanhá-lo diariamente.



O tratamento do humorista continua o mesmo com rotinas diárias de fisioterapia e outros exercícios. Três vezes por semana, ele recebe a visita de uma fonoaudióloga e uma vez por semana, de uma neurologista.



Mesmo com o longo período longe dos holofotes, o humorista Shaolin não perde a “companhia” dos fãs que nunca deixam de demonstrar o carinho por ele através de mensagens e posts no seu microblog e no da sua esposa Laudicéia Veloso.



“Eles mandam cartas, mas são bem compreensivos, já que a visita não é liberada. Eles vêm até aqui, trazem presentes, cartas, palavras, músicas. Eu mostro tudo para ele e ele se emociona”, revelou Laudicéia Veloso.



Neste domingo (18), o Domingo Espetacular (Record) trará uma entrevista exclusiva com as testemunhas do acidente de Shaolin. 











O Julgamento





A primeira audiência de instrução do julgamento envolvendo o acidente do humorista Shaolin foi encerrada após cinco horas. Das sete testemunhas que seriam ouvidas, na tarde da última terça-feira (13), apenas quatro prestaram depoimento no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande.





Na oportunidade, a esposa do comediante, Laudicéia Veloso foi a primeira declarante a ser arrolada. O caminhoneiro, Joábson Clemente Benício que estava dirigindo o caminhão no dia do acidente, apesar de estar presente, não foi ouvido pelo juiz Wandermberg de Freitas Rocha, da 4ª Vara Criminal.





O motorista do caminhão Jobson Clemente Benício, 23, está sendo apontado como o responsável pela acidente. Segundo denúncia do Ministério Público, Benício fugiu do local do acidente depois de ter invadido a faixa contrária e batido contra o carro do humorista. Ele está sendo acusado de lesão corporal e omissão de socorro.





O acidente





Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, ficou gravemente ferido em um acidente na BR-230, na região de Mutirão, em Campina Grande (PB), no dia 18 de janeiro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o comediante dirigia no sentido São José da Mata quando um caminhão, que vinha na faixa oposta, invadiu a contramão e bateu contra o veículo do artista.





No dia 20 de janeiro, o motorista envolvido no acidente, Jobson Clemente Benício, de 23 anos, apresentou-se à delegacia da Polícia Rodoviária Federal da cidade paraibana. O inspetor responsável pela unidade ouviu o motorista que, em seguida, foi liberado.





Desde o acidente, já foram ouvidos policiais rodoviários federais; médicos do Samu, que prestaram os primeiros atendimentos ao humorista e pessoas da comunidade local, que presenciaram o ocorrido, segundo informou ao R7 o advogado da família de Shaolin, Rodrigo Felinto.





Ainda de acordo com o advogado, a delegada responsável pelo caso pediu mais prazo ao Ministério Público, pois ainda faltam depoimentos de duas ou três testemunhas, além da documentação com o quadro clínico do humorista do hospital em que ele deu entrada logo após o acidente.





Assim que tudo estiver anexado ao inquérito, o Ministério Público julgará se acusa ou não o motorista do caminhão como réu no crime de lesão corporal na direção de veículo automotor, previsto no Código de Trânsito Brasileiro.





PB Agora

Hoje faz um ano e dois meses que Shaolin está em coma; Record trará hoje uma entrevista exclusiva com as testemunhas do acidente



Hoje faz exatamente um ano e dois meses que o humorista Shaolin sofreu um acidente automobilístico, em Campina Grande, que o deixou em coma. Segundo as últimas informações postadas no Twitter da sua esposa, Laudicéia Veloso, ele vem tendo melhoras significativas e está respondendo positivamente ao tratamento intensivo que vem tenho em sua residência, onde foi montada toda uma estrutura médica para acompanhá-lo diariamente.



O tratamento do humorista continua o mesmo com rotinas diárias de fisioterapia e outros exercícios. Três vezes por semana, ele recebe a visita de uma fonoaudióloga e uma vez por semana, de uma neurologista.



Mesmo com o longo período longe dos holofotes, o humorista Shaolin não perde a “companhia” dos fãs que nunca deixam de demonstrar o carinho por ele através de mensagens e posts no seu microblog e no da sua esposa Laudicéia Veloso.



“Eles mandam cartas, mas são bem compreensivos, já que a visita não é liberada. Eles vêm até aqui, trazem presentes, cartas, palavras, músicas. Eu mostro tudo para ele e ele se emociona”, revelou Laudicéia Veloso.



Neste domingo (18), o Domingo Espetacular (Record) trará uma entrevista exclusiva com as testemunhas do acidente de Shaolin. 











O Julgamento





A primeira audiência de instrução do julgamento envolvendo o acidente do humorista Shaolin foi encerrada após cinco horas. Das sete testemunhas que seriam ouvidas, na tarde da última terça-feira (13), apenas quatro prestaram depoimento no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande.





Na oportunidade, a esposa do comediante, Laudicéia Veloso foi a primeira declarante a ser arrolada. O caminhoneiro, Joábson Clemente Benício que estava dirigindo o caminhão no dia do acidente, apesar de estar presente, não foi ouvido pelo juiz Wandermberg de Freitas Rocha, da 4ª Vara Criminal.





O motorista do caminhão Jobson Clemente Benício, 23, está sendo apontado como o responsável pela acidente. Segundo denúncia do Ministério Público, Benício fugiu do local do acidente depois de ter invadido a faixa contrária e batido contra o carro do humorista. Ele está sendo acusado de lesão corporal e omissão de socorro.





O acidente





Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, ficou gravemente ferido em um acidente na BR-230, na região de Mutirão, em Campina Grande (PB), no dia 18 de janeiro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o comediante dirigia no sentido São José da Mata quando um caminhão, que vinha na faixa oposta, invadiu a contramão e bateu contra o veículo do artista.





No dia 20 de janeiro, o motorista envolvido no acidente, Jobson Clemente Benício, de 23 anos, apresentou-se à delegacia da Polícia Rodoviária Federal da cidade paraibana. O inspetor responsável pela unidade ouviu o motorista que, em seguida, foi liberado.





Desde o acidente, já foram ouvidos policiais rodoviários federais; médicos do Samu, que prestaram os primeiros atendimentos ao humorista e pessoas da comunidade local, que presenciaram o ocorrido, segundo informou ao R7 o advogado da família de Shaolin, Rodrigo Felinto.





Ainda de acordo com o advogado, a delegada responsável pelo caso pediu mais prazo ao Ministério Público, pois ainda faltam depoimentos de duas ou três testemunhas, além da documentação com o quadro clínico do humorista do hospital em que ele deu entrada logo após o acidente.





Assim que tudo estiver anexado ao inquérito, o Ministério Público julgará se acusa ou não o motorista do caminhão como réu no crime de lesão corporal na direção de veículo automotor, previsto no Código de Trânsito Brasileiro.





PB Agora

Posted at 05:34 |  by Antonio jads

0 comentários:

sábado, 17 de março de 2012



Ministério da Saúde reajuste em 16,3% incentivo financeiro para mais de 250 mil profissionais que atuam no Saúde da Família. Valor passa de R$ 750 para R$ 871 por mês







O Ministério da Saúde aumentou o incentivo financeiro que repassa mensalmente aos municípios, por meio do Piso da Atenção Básica (PAB) variável, para os 250.903 Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) que atuam na estratégia Saúde da Família. O reajuste é de 16,3%, retroativo ao último mês de janeiro, e eleva o valor do incentivo de R$ 750 para R$ 871. Para garantir este benefício, o investimento do ministério será de R$ 403 milhões por ano, recursos que poderão ser ainda maiores, uma vez que a quantidade de ACSs tem sido crescente.



Os Agentes Comunitários de Saúde são profissionais vinculados às Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Eles realizam ações individuais ou coletivas de prevenção a doenças e promoção de saúde por meio de ações educativas nos domicílios e na comunidade. Com o reajuste, o financiamento anual do Ministério da Saúde para a garantia do incentivo financeiro aos Agentes Comunitários de Saúde passa de R$ 2,5 bilhões para R$ 2,9 bilhões. “Essa previsão considera o número atual de ACSs no país (referente ao mês de fevereiro). Mas, com a expansão da cobertura do Saúde da Família, esse valor poderá chegar a R$ 500 milhões até o final deste ano”, explica o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães. Segundo ele, esses recursos são para remuneração direta dos agentes e pagamento de encargos trabalhistas.



Cada Agente Comunitário de saúde é responsável pelo acompanhamento de, no máximo, 150 famílias ou 750 pessoas. O acompanhamento do trabalho destes profissionais é feito por um enfermeiro da equipe da estratégia Saúde da Família, lotado na respectiva Unidade Básica de Saúde. O agente deve ser vinculado ao município, que deverá aderir à estratégia para receber o incentivo financeiro do governo federal.  “Atualmente, quase 97% das cidades contam com a atuação destes profissionais, o que representa uma cobertura de 122.555.622 brasileiros, ou seja, mais de 64% da população. A nossa intenção é estimular, cada vez mais, a adesão dos municípios pela importância do trabalho que os Agentes Comunitários de Saúde realizam”, acrescenta Helvécio Magalhães.



Para ser um ACS, é preciso que o profissional seja morador (há pelo menos dois anos) da área onde exercerá as atividades, saber ler e escrever, ter mais de 18 anos e disponibilidade de tempo integral para exercer a função de agente comunitário. O recrutamento destes profissionais deve se dar por meio de processo seletivo promovido pela município, com o acompanhamento da secretaria estadual de saúde.



SAÚDE DA FAMÍLIA – O Saúde da Família é a principal estratégia do Ministério da Saúde para reorientar o modelo de assistência à saúde da população a partir da Atenção Básica, que é a principal e mais próxima porta de entrada do SUS, capaz de resolver até 80% dos problemas de saúde das pessoas.



As equipes multidisciplinares que atuam na estratégia são formadas por médico, enfermeiro, técnico ou auxiliar de enfermagem e agentes comunitários de saúde para o desenvolvimento de ações de diagnóstico e orientação para o tratamento de doenças, promoção da saúde, prevenção de agravos e reabilitação dos pacientes.



Atualmente, o país conta com 32.498 equipes de Saúde da Família atuando em 5.288 municípios, o que representa um percentual de 95% de cobertura pelo Saúde da Família. A execução da estratégia é compartilhada pelos estados, Distrito Federal e municípios e coordenada pelo Ministério da Saúde.



 Por Paula Rosa, da Agencia Saúde – ASCOM/MS

ATENÇÃO BÁSICA: Mais de R$ 400 milhões para reajuste a agentes comunitários



Ministério da Saúde reajuste em 16,3% incentivo financeiro para mais de 250 mil profissionais que atuam no Saúde da Família. Valor passa de R$ 750 para R$ 871 por mês







O Ministério da Saúde aumentou o incentivo financeiro que repassa mensalmente aos municípios, por meio do Piso da Atenção Básica (PAB) variável, para os 250.903 Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) que atuam na estratégia Saúde da Família. O reajuste é de 16,3%, retroativo ao último mês de janeiro, e eleva o valor do incentivo de R$ 750 para R$ 871. Para garantir este benefício, o investimento do ministério será de R$ 403 milhões por ano, recursos que poderão ser ainda maiores, uma vez que a quantidade de ACSs tem sido crescente.



Os Agentes Comunitários de Saúde são profissionais vinculados às Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Eles realizam ações individuais ou coletivas de prevenção a doenças e promoção de saúde por meio de ações educativas nos domicílios e na comunidade. Com o reajuste, o financiamento anual do Ministério da Saúde para a garantia do incentivo financeiro aos Agentes Comunitários de Saúde passa de R$ 2,5 bilhões para R$ 2,9 bilhões. “Essa previsão considera o número atual de ACSs no país (referente ao mês de fevereiro). Mas, com a expansão da cobertura do Saúde da Família, esse valor poderá chegar a R$ 500 milhões até o final deste ano”, explica o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães. Segundo ele, esses recursos são para remuneração direta dos agentes e pagamento de encargos trabalhistas.



Cada Agente Comunitário de saúde é responsável pelo acompanhamento de, no máximo, 150 famílias ou 750 pessoas. O acompanhamento do trabalho destes profissionais é feito por um enfermeiro da equipe da estratégia Saúde da Família, lotado na respectiva Unidade Básica de Saúde. O agente deve ser vinculado ao município, que deverá aderir à estratégia para receber o incentivo financeiro do governo federal.  “Atualmente, quase 97% das cidades contam com a atuação destes profissionais, o que representa uma cobertura de 122.555.622 brasileiros, ou seja, mais de 64% da população. A nossa intenção é estimular, cada vez mais, a adesão dos municípios pela importância do trabalho que os Agentes Comunitários de Saúde realizam”, acrescenta Helvécio Magalhães.



Para ser um ACS, é preciso que o profissional seja morador (há pelo menos dois anos) da área onde exercerá as atividades, saber ler e escrever, ter mais de 18 anos e disponibilidade de tempo integral para exercer a função de agente comunitário. O recrutamento destes profissionais deve se dar por meio de processo seletivo promovido pela município, com o acompanhamento da secretaria estadual de saúde.



SAÚDE DA FAMÍLIA – O Saúde da Família é a principal estratégia do Ministério da Saúde para reorientar o modelo de assistência à saúde da população a partir da Atenção Básica, que é a principal e mais próxima porta de entrada do SUS, capaz de resolver até 80% dos problemas de saúde das pessoas.



As equipes multidisciplinares que atuam na estratégia são formadas por médico, enfermeiro, técnico ou auxiliar de enfermagem e agentes comunitários de saúde para o desenvolvimento de ações de diagnóstico e orientação para o tratamento de doenças, promoção da saúde, prevenção de agravos e reabilitação dos pacientes.



Atualmente, o país conta com 32.498 equipes de Saúde da Família atuando em 5.288 municípios, o que representa um percentual de 95% de cobertura pelo Saúde da Família. A execução da estratégia é compartilhada pelos estados, Distrito Federal e municípios e coordenada pelo Ministério da Saúde.



 Por Paula Rosa, da Agencia Saúde – ASCOM/MS

Posted at 03:30 |  by Antonio jads

0 comentários:

Copyright © 2013 Mogeiro em Foco. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top