terça-feira, 19 de junho de 2012

Empresa que realizou concurso público de Mogeiro está sendo investigada pelo Ministério Público, Controladoria Geral da União e Polícia Civil

Posted by Antonio jads  |  at  08:58 4 comments





A empresa Exames & Consultorias Ltda enviou uma nota de esclarecimento à imprensa na noite desta segunda-feira (18) em que nega com veemência, a prática de fraude na contratação de concurso público.



Ela está sendo investigada pelo Ministério Público, Controladoria Geral da União e Polícia Civil.





Através da nota ela tenta esclarecer o vídeo em que um funcionário foi visto vendendo gabarito.



De acordo com empresa o sevidor já tinha sido demitido. “Pela empresa não coadunar com essas práticas, assim que tomou conhecimento do fato isolado, o demitiu por justa causa”.



Veja a nota de esclarecimento:



Abaixo, esclarecimentos da Exames Consultoria acerca de matérias veiculadas nesta 2ª feira sobre fraude em concursos.



Empresa rebate denúncia de tentativa de fraude, praticada por servidor já demitido

A Exames & Consultorias Ltda, negou com veemência, a prática de fraude na contratação de concurso público. Segundo o advogado da empresa, André Gouveia, o funcionário que apareceu na reportagem exibida ontem, já havia sido demitido por justa causa após o fato, por agir ilicitamente por conta própria.

Segundo ele, durante viagem do responsável pela Exames à Brasília, alguém se passando por secretário da prefeitura municipal de Prata, insistiu através de telefonemas e e-mail para que um representante fosse à edilidade fazer os primeiros contatos para uma possível contratação de realização de concurso público naquela cidade.

Sem autorização nem efeito

“Sem conhecimento do dirigente da empresa, um assistente administrativo atendeu o convite, mesmo sem qualquer procuração ou autorização da diretoria e extrapolando suas funções manteve o absurdo “contato”, afirmou André, lembrando que seria impossível “combinar” o processo licitatório, por tratar-se de pregão, bem como realizar o certame, em virtude de vedação expressa do período eleitoral.

André Gouveia disse ainda que esse funcionário nunca esteve à frente de qualquer contrato ou procedimento licitatório, de todos já realizados pela empresa ao longo dos últimos quinze anos, junto inclusive ao Ministério Público/PB, CAGEPA e PM/PB, todos homologados pelos Tribunais de Contas. “Desde já colocamos os sigilos fiscal e bancário para qualquer procedimento investigatório”, asseverou.

Ele atribuiu o ato a uma pessoa sem competência, que a todo custo buscava mostrar serviços para ascender na empresa. “Pela empresa não coadunar com essas práticas, assim que tomou conhecimento do fato isolado, o demitiu por justa causa”.



Fonte: Portal Correio


Tags:
About the Author

Write admin description here..

Get Updates

Subscribe to our e-mail newsletter to receive updates.

Share This Post

Related posts

4 comentários:

  1. cadê a concorrencia do Concurso de Rio Tinto, cadê os gabaritos? cadê as provas que não colocam no site da empresa? muito estranho a maneira como esta empresa conduz os concursos!

    ResponderExcluir
  2. Sou concurseira de plantao, mas de todas as empresas de consultoria a EXAMES se mostrou a mais desorganizada,o inicio da prova o material ainda nao havia chegado prejudicando o tempo para a resoluçao da propria.UMA VERGONHA....

    ResponderExcluir
  3. por que tiraram do site o gabarito de Rio Tinto?

    ResponderExcluir
  4. bagunça pura esses concursos realizados pela Exames.

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 Mogeiro em Foco. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top